Pessoas menos inteligentes tendem a ser mais conservadoras e preconceituosas

Não é nova a idéia de que o conservadorismo e o preconceito estão ligados umbilicalmente. Vários estudos já realizados chegaram a essa conclusão. A novidade é que o posicionamento conservador e o preconceito podem estar ligados à baixa inteligência.

Um estudo feito por pesquisadores de uma universidade de Ontario, no Canadá, chegou a conclusões bastante interessantes: adultos de baixo QI ou com dificuldades cognitivas tendem a ter atitudes conservadoras e preconceituosas (racismo, homofobia, machismo etc).

O estudo foi dirigido pelos pesquisadores Gordon Hodson e Michael A. Busseri, do departamento de Psicologia da Universidade Brock, de Ontario, e foi publicado pela revista Psychological Science.

Os dados levam a crer que as pessoas menos inteligentes se sentem atraídas por ideologias conservadoras porque estas exigem menos esforço intelectual, pois oferecem estruturas ordenadas e hierarquizadas, onde o indivíduo pode se sentir mais confortável.

É bom deixar claro que inteligência nada tem a ver com escolaridade. Há vários exemplos históricos (como a Comuna de Paris ou a Revolução Russa) em que as classes mais baixas e com menos escolaridade se mostraram as únicas capazes de pensar de maneira progressista.

Hodson afirma que “menor capacidade cognitiva pode levar a várias formas simples de representar o mundo e uma delas pode ser incorporada em uma ideologia de direita, onde ‘pessoas que eu não conheço são ameaças’ e ‘o mundo é um lugar perigoso ‘…”.

A grande contribuição dessa pesquisa pode ser a criação de novas formas de combater o racismo e outras formas de preconceito. “Pode haver limites cognitivos na capacidade de assumir a perspectiva dos outros, particularmente estrangeiros”, entende Hodson, já que a crença corrente é que o preconceito tem origens emocionais, não cognitivas.

O que será que Marco Feliciano e Silas Malafaia têm a dizer sobre isso?

Fontes:


Edição em 10/04/2013

Esclarecimentos

Este post levou a uma enxurrada de comentários os mais variados. Como algumas coisas apareceram várias vezes, resolvi esclarecer.

Talvez eu tenha pecado por assumir como premissa que as pessoas chegam a conclusões lógicas facilmente. Aparentemente estou errado, então vou tentar explicar de uma maneira mais simples.

1. “Então você acha que…”

Não tente adivinhar o que eu acho. Este post é simplesmente uma notícia superficial sobre uma pesquisa realizada por pesquisadores canadenses com dados britânicos.

Eu não emiti absolutamente nenhum comentário no texto. Me limitei a descrever a pesquisa conforme eu a compreendi.

2. “Todo conservador é burro”

Percebam: isso não está escrito no texto. Isso não está escrito na pesquisa. Isso não está escrito nas duas matérias jornalísticas que se referem à pesquisa.

De onde tiraram isso? De uma parca noção de lógica. Pensam: se a premissa A e a premissa B tem relação de dependência de B para A, então a recíproca sempre será verdadeira. Bom, isso não existe. Um cachorro amigo é diferente de um amigo cachorro. Não há equivalência lógica entre A -> B e B -> A.

Essa frase é ainda pior pelo uso do termo “burro”. Esse termo não designa nada em específico. É apenas um adjetivo pejorativo. Este blog não concorda com o uso do termo.

3. “Essa pesquisa é preconceituosa”

Por favor, a pesquisa não apresenta conceito nenhum, como pode pré-conceituar. Tal afirmação carece totalmente de sentido.

A pesquisa chegou a conclusões a partir de dados obtidos. No documento com os resultados da pesquisa (último link da seção “fontes) está descrita a metodologia de coleta de dados e de avaliação. Todos têm o direito de discordar da metodologia – inclusive acho importante que o façam – mas chegar a uma conclusão pré-concebida sobre a pesquisa sem lê-la sim é que é preconceito.

Nessa categoria ainda há os ad hominen (falácia de ataque ao argumentador) contra os pesquisadores. Falácias, em geral, não tem a capacidade de chegar a conclusões coerentes.

4. “Eu tenho não sei quantas graduações… Eu falo esperanto e klingon”

Não conheço pesquisa que correlacione escolaridade e capacidade cognitiva. Seu currículo não é de nenhuma serventia aqui.

Esse argumento parece é ser uma tentantiva de argumentum magister dixit (apelo à autoridade).

5. “Não consigo abrir o link da pesquisa”

Bom gente, eu lamento muito, mas o link é da revista Psychological Science e eu não tenho autorização para distribuí-lo. Um colega postou um link que aparentemente também tem uma versão em pdf da pesquisa (não conferi): http://www.30bananasaday.com/forum/topics/bright-minds-and-dark-attitudes

6. “Não se usam mais testes de QI”

Isso não é inteiramente verdade, mas OK, eles estão em desuso. Por outro lado, quem se der ao trabalho de ler a pesquisa, perceberá que os testes foram aplicados pelo governo britânico em 1958 e 1970. Ora, qual instrumental existia na época? Sejamos honestos: é uma crítica que não tem cabimento.

7. “A ciência não serve pra nada. Racionalismo e ceticismo levam a uma vida sem sentido”

Bom, antes de qualquer coisa, por favor, leia este texto que explica resumidamente o que é o Livre Pensamento. Se você nega a ciência,  nega o racionalismo e o ceticismo, está fazendo o que aqui?

8. Este texto é um ataque ao cristianismo

Essa é tão bizarra que eu nem sei o que responder. Cadê o ataque? Malafaia e Feliciano foram citados por serem líderes assumidamente conservadores e sabidamente preconceituosos. Poderia ter citado outros: Reinaldo Azevedo ou Olavo de Carvalho, por exemplo. Se bem que esses não lideram ninguém…

9. “Quem acredita nisso é idiota”, “Quem é progressista tem mais HIV” e absurdos do tipo

Sim, houve vários comentários desse tipo. Será que o cara pensa mesmo que isso é um argumento sério?

Bom, se eu esqueci de mais alguma pérola, eu posto depois.

Sobre os comentários

Se o que você tem a dizer se enquadra em algum dos “argumentos” acima, não perca seu tempo.

Se tudo o que você tem a dizer são ofensas, não perca seu tempo.

Eu leio e procuro responder a todos os comentários. Se seu post demorar a aparecer é porque eu estou trabalhando, comendo, dormindo ou realizando outras necessidades. Não fique nervoso, quando eu tiver tempo, vou responder e liberar o comentário.

Não faça spam. Tem muito spam nisso aqui e eu nem olho mais a caixa de spam.

Se você encontrar erros de português e quiser me avisar disso, fico muito feliz. Se puder, por favor, indique onde está o erro.

587 comentários sobre “Pessoas menos inteligentes tendem a ser mais conservadoras e preconceituosas

  1. Amei seu site!!!! Estou seguindo!!!! Quanto a esta notícia, penso ainda ser influência do metal chumbo no sangue…de forma alquímica, precisa-se então acreditar em mais que matéria….bem…é só um pensamento…Abraços! Marcela

  2. O que Malafaia e Feliciano acham disso?! Eles nao entenderam a reportagem, se colocar mais ilustrações talvez ajude….

  3. Olá,
    Você deve conhecer o dizer que “extraordinárias afirmações necessitam de extraordinárias evidências”. Creio que o estudo não consiga sustentar suas próprias (extraordinárias) afirmações.
    Em primeiro lugar, o estudo canadense foi feito com dados do Reino Unido, o que poderia atrapalhar caso a compreensão dos autores sobre o país não seja boa.
    Além do mais, a definição de “conservadorismo” e “preconceito” dos autores não é clara; ela se baseia em respostas de “sim” ou “não” a umas poucas perguntas, algumas ambíguas. Uma delas é “Nenhum dos partidos faria algo que me beneficiaria.” Isso é ser conservador ou liberal? Não é revelado no estudo. Será que essas (treze) perguntas seriam suficientes para definir o “conservadorismo” ou “racismo” de alguém? (Eu pessoalmente duvido).
    Existem também graves falhas metodológicas relacionadas a estatística, incertezas etc., que eu pessoalmente não compreendo bem, mas mando o link da crítica, caso você se interesse.
    Outras críticas ao estudo é que visões simplistas ou extremistas (relacionadas ao “baixo QI”) não são exclusividade da direita. As visões: “o mundo é sempre ameaçador” (tipicamente ligado ao conservadorismo social) e “o mundo é sempre maravilhoso” (tipicamente ligado ao liberalismo social) são igualmente simplistas, mas opostas.
    Tome cuidado também ao tentar encaixar certos fatos ao seu ponto de vista. Não achei nenhuma referência à Revolução Russa ou Francesa em outros artigos, por isso imagino que seja sua contribuição. Porém, acho mais razoável achar que elas aconteceram por conta de inúmeros fatores históricos, econômicos e políticos (inclusive a fome e as guerras); é um pouco forçado crer em um “ideal progressista do povo”, ou que os rebeldes tinham “QI alto” apesar de sua baixa escolaridade etc etc, que é o que você parece insinuar.
    Infelizmente não pude acessar o paper completo, por ele ser pago; mas uma leitura de outros artigos jornalísticos sobre a pesquisa revela que existem muitas dúvidas sobre a integridade (metodológica, científica, ideológica) dela, que infelizmente não receberam tanta atenção em seu texto.
    Acredito que um pensamento crítico seja mostrar ceticismo em relação a *quaisquer afirmações*, por mais que elas se encaixem em sua visão pessoal (aliás, principalmente nesses casos!).

    A crítica de um estatístico:
    http://wmbriggs.com/blog/?p=5118

    Artigo do Yahoo com outras críticas:
    http://news.yahoo.com/low-iq-conservative-beliefs-linked-prejudice-180403506.html

  4. Não precisa ir tão longe… é tão simples! Preconceito seria inteligente então?
    Significado de preconceito (www.priberam.com):
    (pre- + conceito)
    s. m.
    1. Ideia ou conceito formado antecipadamente e sem fundamento sério ou imparcial.
    2. Opinião desfavorável que não é baseada em dados objectivos. = INTOLERÂNCIA
    3. Estado de abusão, de cegueira moral.
    4. Superstição.

    Pré – conceito … se um conceito foi pré concebido, antes mesmo de se conhecer o assunto… é coisa de ignorante mesmo não? Ou no mínimo de gente que tem preguiça de pensar! ;-)

  5. O Texto é interessante mas apenas afirma algo bem lógico, nem precisa perder tempo com estudos pra se chegar a essa conclusão. Mas os resultados poderiam mudar de um continente para o outro. Além do que, não se pode generalizar, há pessoas definitivamente inteligentes (alto QI) que mesmo assim são conservadoras.
    A única coisa que DISCORDO, é que, no instante em que você afirma, que Marco Feliciano e Silas Malafaia são “sabidamente preconceituosos”, só consigo chegar a duas conclusões: Você é apenas mais um influenciado pela mídia, assim como a grande maioria do Brasil, que condena uma pessoa de uma acusação, sem fundamento e sem provas. Saem acusando e difamando baseado em matérias tendenciosas, e opiniões parciais e descontextualizadas. Sem conhecer quem realmente é a pessoa, e os seus atos. Ou a definição de Preconceito mudou ligeiramente com o tempo.
    Não sou racista, assim como nenhum Pastor é (não generalizando), até porque a Bíblia prega amor entre as pessoas, e Deus considera o coração (que no caso quer dizer cérebro), e não cor da pele ou posição social. Um Pastor Racista não teria êxito nenhum, porque sem amar a todos os membros de uma igreja como um pastor ama a todas as ovelhas, não conseguiria permanecer num cargo como esse nem 2 meses. E os Pastores citados, têm “sabidamente” exito em suas funções, por décadas. Não tenho preconceito algum contra homossexuais, já recebi na minha casa, já conversei, já tive professores homossexuais, e companheiros de trabalho. Mas, a Bíblia, que é a razão de Fé dos Cristãos, afirma em determinado versículo: Ide, pregai acerca deste livro a toda criatura, até os confins da Terra. E o “livro” condena vários atos no qual chama de pecado, e um deles a Homossexualidade. Portanto, Malafaia ou Feliciano podem abrir os braços para receber homossexuais, mas nem por isso vai negar que o ato é pecaminoso conforme a Bíblia. Só lembrando que tanto Malafaia quanto o Feliciano, possuem amigos íntimos que são negros, portanto a acusação de Racismo é infundada.
    Sem mais…

    • Jediael, vejamos:

      “Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé. Isso é fato”

      “A podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam ao ódio, ao crime, a rejeição”

      “Quem devem mostrar ao mundo o certo e o errado, o pecado e a santidade é a igreja, os cristãos, os líderes da fé, e não a política”

      “Os artistas são a favor do casamento gay; os intelectuais também são. Resta aos cidadãos conservadores de valores morais lutarem”

      “Depois da união civil, virá a adoção de crianças por parceiros gays, a extinção das palavras pai e mãe, a destruição da família”

      “União homossexual não é normal. O reto não foi feito para ser penetrado. Não haveria condições de dar sequencia à nossa raça”

      “A AIDS é o cancer gay”

      “Pastor que não prega a teologia da prosperidade é um idiota”

      “Eu amo os homossexuais como eu amo os bandidos”

      “Quando você estimula uma mulher a ter os mesmos direitos do homem, ela querendo trabalhar, a sua parcela como mãe começa a ficar anulada, e, para que ela não seja mãe, só há uma maneira que se conhece: ou ela não se casa, ou mantém um casamento, um relacionamento com uma pessoa do mesmo sexo, e que vão gozar dos prazeres de uma união e não vão ter filhos.”

      “quando você estimula as pessoas a liberarem os seus instintos e conviverem com pessoas do mesmo sexo, você destrói a família, cria-se uma sociedade onde só tem homossexuais”

      Bom, cara, essas são frases dos dois citados. Racismo, xenofobia, preconceito religioso, machismo. Qual a dúvida?

      Vamos citar as frases de outro pastor, para que perceba que não é uma questão de religião:

      “O perdão é um catalisador que cria a ambiência necessária para uma nova partida, para um reinício.”

      “Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele.”

      “Pouca coisa é necessária para transformar inteiramente uma vida: amor no coração e sorriso nos lábios.”

      “Saiba que seu destino é traçado pelos seus próprios pensamentos, e não por alguma força que venha de fora. O seu pensamento é a planta concebida por um arquiteto para construir um edifício denominado prosperidade. Você deve tornar o seu pensamento mais elevado, mais belo e mais próspero”

      “Aprendemos a voar como pássaros e a nadar como peixes, mas não aprendemos a conviver como irmãos.”

      “O comunismo existe hoje por que o cristianismo não está sendo suficientemente cristão.”

      “A liberdade jamais e dada pelo opressor, ela tem que ser conquistada pelo oprimido.”

      “A escuridão não pode expulsar a escuridão, apenas a luz pode fazer isso. O ódio não pode expulsar o ódio, só o amor pode fazer isso.”

      Sentiu a diferença?

      Todas essas frases foram ditas pelo pastor batista Martin Luther King Jr. Ele foi assassinado aos 29 anos por defender a igualdade entre os seres humanos.

    • “Nenhum pastor é racista (não generalizando)”

      Jovem, é melhor rever seus conceitos sobre generalizar.

      “o coração (que no caso quer dizer cérebro)”

      é bom rever conceitos de anatomia também, ciência fundamental, bem básica, tipo, 6ª série…

      “Não tenho preconceito algum contra homossexuais, já recebi na minha casa, já conversei, já tive professores homossexuais, e companheiros de trabalho.”

      reveja acima o que a Rosanna postou a respeito do preconceito… por favor, veja msm.

      certo… a bíblia prega isso…. mas só vale pra quem é cristão, e quem não o é? Evidentemente não se submete às regras, axo q isso causa um pouco de inveja em vcs… saber q outras pessoas podem fazer o que quiserem sem ter medo d ir pro inferno q nem vcs…

      aliás, a bíblia fala q homossexualismo é pecado… certo… você come camarão, jovem? Comer camarão é pecado… vc celebra a páscoa com ovo de chocolate? é tradição pagã. Você comemora o 25 de dezembro como a data mais importante do ano? É tradição Judáica… Você come bacon (delícia)? a bíblia também proíbe… sabe as pessoas que colocam tatuagem com versículos da bíblia, adivinha, em Levítico a bíblia tbm proibe a tatuagem…

      Pergunte ao pastor da sua igreja (evidentemente vc é evangélico e conservador) se ele faz sexo com a esposa, se não for pra ter filhos, colega, é lascívia… é pecado tbm… se vc quer ter 2 filhos e já os tem, pode parar d transar com a esposa agora msm!!!!

      é pra ser fundamentalista? Sejamos, eu, sinceramente, tenho vergonha de saber mais sobre o q vcs tanto pregam ser “o certo” mas fazem tudo errado.

  6. AMei memso foi sua resposta!!rs Hilario o nivel em que as pessoas chegam aqui. que tal agora fazer um sobre as repotagems deontem q apontam para o fato de q as pessoas estao ficando mal educadas no facebook e muita gente ta se afastandopor conta de brigas la na rede! otimo assunto

  7. Ainda bem que você fez suas ressalvas, e, que eu li. Primeiro que, pelo título, já podemos absorver um preconceito. E que ironia dizer que alguém TENDE a ter preconceitos. Como assim, né? Então, agora, se eu discordo de ideias de esquerda a minha tendência é ter preconceitos? Será que meu discordar não conta? Ok, que, nos seus “esclarecimentos” é bem claro que há pessoas acomodadas e que preferem não questionar, mas, creio que você sabe que existem outras que se oposicionam à teorias e muito falar, enfim… O seu texto apenas, me fez foi rir, eu parei algumas partes para rir de verdade, mas, como, em seus esclarecimentos, e apenas por eles, você mostrou-se situado em dizer que há casos e “há casos”, eu me limito a falar qualquer coisa que você já saiba ou tenha ouvido por quem leu APENAS seu texto.

    • Ágatha, obrigado por seu comentário.

      Perceba que você incorre no mesmo erro lógico de trocar a premissa pela conclusão. Nenhuma das pesquisas afirma “se eu discordo de ideias de esquerda a minha tendência é ter preconceitos”.

      Percebi que a maioria arrasadora dos comentários aqui leu o que quis, não o que está escrito. Fico bastante triste com isso, na verdade, mas penso que é fruto do pensamento “em voga” atualmente de que raciocinar, questionar, perguntar são coisas ruins.

      Leia o resto do blog. Há várias coisas sobre esse assunto.

      • Como eu disse, ou tentei, li suas ressalvas e entendi perfeitamente que pessoas menos inteligentes tendem a ser conservadoras e não o contrário, nem tão pouco que MEU discordar, segundo as pesquisas, me levam a ter tendência x ou y. Só que, convenhamos, colocar uma foto de uma suástica (?) e um título que entre linhas diz “sou de esquerda mesmo” faz qualquer um ler com conclusões previsíveis, certo? Não acho que deveria estar triste porque era imaginável o modo que as pessoas iriam ler. Talvez não. Mas foi assim que eu vi, enfim… Vou dar uma olhada no blog, sim.

  8. Sou uma simples cidadã brasileira, não sou acadêmica e tampouco vou discursar com embasamentos textuais referenciados em pesquisas que eu não li.
    Sou a favor do estado laico, sou cristã e acredito que o brasileiro comum aquele que “rala” todo dia para sobreviver deve ter suas opiniões além de respeitadas, levadas em consideração, até porque o país é para todos e com isso me sinto no direito de opinar mesmo.
    Primeiro, sobre toda a discussão lida a respeito de Marco Feliciano e companhia eu concordo com Porantim, porque é fato e mais que fato, é sabido. O Estado é laico e embora nosso país seja majoritariamente cristão, isto não dá o direito do Sr. Feliciano dizer aos bobagens que vem dizendo, até porque mesmo como pastor ele é um cidadão público e mais do que isso, é um deputado e agora, infelizmente, Presidente da Comissão dos Direitos Humanos. É muito óbvio que existem cidadãos que têm êxito no que fazem e nem por isso significa que o fazem para o bem das pessoas e muito menos que ao dizer que “falam em nome de Deus” realmente o fazem. Independe da crença dele, embora ele possa até acreditar nisso!
    Se o cara quer estar lá para ocupar tal cargo então que esteja, que se proponha a fazer o que lhe é devido, mas não na condição de pastor, porque não foi isso que lhe foi delegado. Se ele tivesse feito isso de forma coerente, não haveria porque essa mobilização para retirá-lo da comissão. Ninguém poderia ir contra se ele estivesse trabalhando de forma adequada, mas ele próprio deu demostrações de seu comportamento arbitrário em tudo que fez até agora, o que só faz a situação ser ainda mais desfavorável para ele.
    Além de tudo isso que já sabemos, o que vem ainda mais piorar a condição do Sr. Feliciano, é que o ele não renuncia apesar de todas as manifestações públicas, demonstra ser sarcástico e desrespeitoso com os brasileiros, “ele ri na cara do povo”. Como pode então ser este o cidadão representante das minorias e no cargo mais alto da comissão?
    Segundo, assisti a um filme chamado “A Onda” e recomendo para continuar a pensar na questão sobre conservadorismo e preconceito.

    • Obrigado por seus comentários, Vanessa.

      O filme A Onda é uma ótima pedida mesmo. Tanto a versão original estadunidense (de 1981) quanto a nova versao alemã (Die Welle, de 2008).

  9. Eu achei sensata a publicação tanto quanto a pesquisa realizada e concordo TOTALMENTE! Já compartilhei com várias amigas e amigos! Obrigada, Sr. Porantim!

  10. Caros,

    Através do texto do blog, fui atrás e encontrei as pesquisas e li as mesmas. Esta pesquisa serve para ajudar a entender o estado da nossa sociedade atual como um todo. Li também todos os comentários e repostas aos mesmos até agora e os próprios comentários servem para corroborar o que a pesquisa afirma. Por sinal, creio que deveria ser feita uma compilação dos comentários, tanto neste blog, quanto nas redes sociais, sites de mídia, etc, e enviar os mesmos para os pesquisadores, para que os mesmos tenham mais dados estatísticos sobre a tendência de conservadores serem preconceituosos.

    Infelizmente este tipo de pesquisa raramente chega a ser divulgado de forma massiva e, mesmo que chegasse a ser, poucas pessoas teriam discernimento para analisar a mesma de forma imparcial, impessoal e científica, como a ciência faz.

    Eu já comprovei esta pesquisa no dia a dia, conversando assuntos que causam desconforto para a maioria da sociedade, com os mais diversos tipos de pessoas. Basicamente, as pessoas respondem de 3 maneiras:

    1) somente com agressões
    2) tentam desmerecer a pessoa ou os argumentos com falácias e meias verdades
    3) tentam se apoderar de algum auto senso de inteligência e fazem discursos elaborados e cheios de premissas falhas.

    Estas últimas tendem a ser as piores pois, na maioria das vezes, ocupam cargos ou detêm posições de liderança na sociedade. Existe um post antigo em um blog que eu sempre me volto e que demonstra claramente isso:

    http://www.sedentario.org/colunas/teoria-da-conspiracao/os-niveis-do-ser-humano-11564

    Apesar da fábula apresentada no post, o que a mesma representa da sociedade e do ser humano é algo a ser ponderado. O fato de o autor do post, não da pesquisa, ter utilizado o nome de 2 figuras públicas e de notória posição conservadora, é apenas algo que reflete um momento atual da sociedade. Se esse post tivesse sido muitos anos atrás, seriam outros os nomes, nada mais. No mais, excelente post, e ainda mais excelente resposta aos comentários. Alguns não deveriam terem nem sido considerados para uma resposta, de tão absurdos que foram. A partir de hoje seguirei o site, sem dúvida.

    • Obrigado por sua participação, Giancarlo.

      Por incrível que pareça, esses foram os postas mais coerentes. Cerca de 40 eram simplesmente ameaças a mim ou puro xingamento. Outros eram só um amontoado de falácias…

  11. Parabéns pela postagem, e ainda mais pela paciência de ‘desenhar’ a pesquisa para aqueles que nem a leram. O brasileiro carece mesmo é de interpretação de texto e civilidade. É muita gramática e pouca prática nas escolas… Desejo muita força para você!

  12. Não há necessidade de me postar. Só de saber que está lendo-os para mim já é o suficiente. Semeio vida num coração de trevas e racionalismo meramente humano, ou seja, trevas. Pare de encerrar seu pensamento em conceitos já formados. Permita Deus iluminar essa alma.

    • Atente ao fato de que a soberba é pecado capital.

      Outra coisa: se acha que utilizar do raciocínio é “trevas”, tá fazendo o que aqui, exatamente?

      • Bom é que vai ficar parecendo para seus leitores que você “matou a cobra e mostrou o pau”. Guarde a sinceridade de um conservador na memória e tome-a por exemplo, ajude o mundo a se iluminar com a verdade, que não advém de nós. Saudações.

        • Bom, a ciência busca a verdade na realidade. Outros afirmam que a verdade é sua fantasia pessoal, seus duendes, unicórnios e dragões na garagem.

          Este blog se preocupa com a ciência. Se pauta pelo que é real, vivo, material.

  13. Só encontrei um erro.. Falar que Olavo de Carvalho e Reinaldo de Azevedo não lideram ninguém.. conheço vários seguidores ferrenhos dos dois, principalmente do primeiro. E só de dar uma breve lida na página dele no facebook já dá pra perceber que é praticamente uma seita. Eis o meu medo..

    • Não acho que seja representativo. Um é astrólogo metido a pseudocientista que defende que a Terra é o centro do Universo. O outro não fala coisa com coisa e só tem serventia pra lamber as botas de general e grande empresário.

      • Quanto ao Reinaldo, não sei se ele realmente só serve para lamber botas, mas Olavo de Carvalho, não é astrólogo, ele o foi décadas atrás, sequer é metido a pseudocientista, ele só discute os aspectos filosóficos da obra de determinados cientistas. Sendo a Filosofia a Rainha das Ciências, não vejo nada de errado em um filósofo desconstruir uma teoria cientifica no que diz respeito aos seus aspectos filosóficos. Na verdade quanto mais se contesta uma teoria, mesmo que verdadeira, melhor, pois seus defensores são levados a assentá-la sobre bases mais sólidas. A ciência só tem a ganhar com isso.

        • filósofo
          (latim philosophus, -i)
          s. m.

          1. Pessoa que é versada em filosofia.
          2. Amigo do saber, da ciência.
          3. Pessoa que está acima das paixões, dos acidentes da vida.
          4. Ânimo forte.
          5. Incrédulo, livre-pensador.
          6. Pessoa que vive afastada da sociedade e é indiferente às coisas do mundo.
          7. [Popular] Excêntrico.

          Bom, Olavo de Carvalho não foi capaz de concluir o curso de filosofia em que se matriculou. É um inimigo da ciência (vide o vídeo em que ele nega toda descoberta científica dos dois últimos séculos na física). Ele é um inimigo do livre pensamento, do materialismo científico.

          Bom, a não ser que você queira afirmar que o tal é um excêntrico…

          Por fim: astrologia é uma pseudociência. O cara é astrólogo e (nem que fosse só por isso) é um pesudocientista (o vídeo também mostra o quão pseudocientista é esta pessoa.

          Por fim, você tem razão na afirmação de que a ciência exige o contraditório. Que isso é saudável a ela. Só que contraditório não é chute e pseudociência. Refutar afirmações pseudocientíficas é pura perda de tempo, porque estas coisas não são baseadas na realidade.

      • Boa tarde Porantim!
        Poderia me passar o link onde Olavo de Carvalho defende que a Terra é o centro do Universo? Fiquei interessado!

        Obrigado! abs

  14. Pingback: Posicionamento conservador e o preconceito podem estar ligados à baixa inteligência

  15. Pessoal, li o texto sobre a pesquisa e achei interessante, mas não acredito que essa conclusão possa ser uma realidade generalizada. Eu diria que há sim pessoas com Q.I. baixo que optam pelo conservadorismo, simplesmente para não sair da sua zona de conforto, afinal, ser conservador é mais seguro e daí acabam se acomodando nas idéias mais ultrapassadas, nos preconceitos em relação a cor, raça, religião, opção sexual, idade, etc…e, há pessoas com Q.I. muito elevado que acumulam títulos e diplomas, são capazes de ganhar altíssimos salários e galgar posições elevadíssimas, mas que não acompanharam a evolução dos tempos e continuam acreditando que há diferença de capacidade entre pessoas brancas e pessoas negras, homens e mulheres, heterossexuais e homossexuais, católicos e evangélicos, evangélicos e espíritas, espíritas e umbandistas e, jamais serão capazes de descer do pedestal e admitirem que estão errados e que tudo é muito relativo. Seja como for, Q.I alto, Q.I. baixo, conservadorismo ou mentalidade de vanguarda, evolucionista, o que importa realmente é acordar para a realidade que está diante dos nossos olhos, ou seja, o RACISMO já era, o MACHISMO já é coisa do passado (embora esse ranço ainda exista mesmo na cabeça de muitos jovens), o SEXISMO não resolve nada (pq no futuro haverá mesmo a igualdade de direitos entre homens e mulheres, na na minha opinião isso ainda não saiu do papel, os homens continuam espancando e matando as mulheres todos os dias e ninguém faz em relação à isso, os salários da mulheres executivas continua sendo bem meno que o dos homens executivos, embora a mulheres sejam muito mais produtivas e muito mais assertivas). Sou a favor da igualdade de direitos, da liberdade, da fraternidade, do respeito em todos os níveis sociais entre homens e mulheres, respeito ás opiniões, respeito às opções, respeito às religiões, afinal, vivemos numa democracia, num país livre, onde temos liberdade de expressão e liberdade de ir e vir, só aprimorar tudo isso alcançando a IGUALDADE DE DIREITOS para pobres e ricos, negros e brancos, mulheres e homens, entre as manifestações religiosas respeitando cada um a opção do outro, pois a liberdade é um direito de TODOS!!!

    • Leila, obrigado por seu comentário.

      Apenas um detalhe: por favor, leia a seção “Esclarecimentos”. Pesquisa acadêmica nenhuma afirma que uma conclusão seja uma “realidade generalizada”. Sobre QI baixo/QI alto, perceba que está fazendo uma inversão lógica de premissa e conclusão que não gera uma equivalência lógica.

      Do resto, concordamos.

      Continue a acompanhar o Livre Pensamento.

  16. Porantim, os comentarios têm mostrado que a pesquisa esta certa. A escolha da imagem tambem esta correta, pois ainda existe muita gente que julga o livro pela capa(nao sei se foi intencional ou nao a escolha da imagem) e isso vai fazer com que muita gente tenha a curiosidade de ler o artigo. Não sei quem são esses dois pastores que citaste, mas pelas declarações de um deles, quem vai duvidar do que eles são?
    Obrigado por dar acesso a esta pesquisa. Quem estiver mesmo interessado, vai investigar mais ate descobrir a veracidade dos factos.
    A escolha de trabalhar com dados europeus, creio que se devem ao fato de eles terem o maior numero de conservadores, e acho logico terem escolhido a europa.
    As criticas que foram feitas, não têm suporte, por isso facilmente podem ser refutadas.
    Bom dia

    • Obrigado, Denilson.

      A escolha da imagem foi intencional sim.

      Os dois citados são dois brasileiros que estão bastante na mídia atualmente por defenderem posições altamente conservadoras e preconceituosas.

  17. A fonte do preconceito é o poder e este varia na história, mas, o dinheiro, ou seja, a riqueza é que aparece como sendo o fator de ordenação das sociedades. O que interessa à elite poderosa é isso que tende a prevalecer. Os EUA deram um verdadeiro exemplo de nação racista juntamente com Inglaterra no século passado. E esses “valores” estão enraizados no povo, ainda
    ?

    • Olá Luiz.

      Não sei se compreendi seu questionamento.

      Só uma coisa: riqueza não necessariamente é dinheiro. No capitalismo, sistema baseado no acúmulo do capital, o capital não necessariamente significa dinheiro.

      Sobre sua frase sobre a tendência do interesse da elite prevalecer, é bom ficar claro que tendência não é previsão do futuro. Existindo ou não essa tendência, se o interesse da elite sempre prevalecesse, não teríamos tido a Revolução Francesa, não teríamos superado a Idade das Trevas, não teríamos tido a Revolução Russa, não teríamos salário mínimo, férias remuneradas, jornada de 44 horas, 13º salário, descanso semanal, fundo de garantia…

      Ou seja, como já disseram vários pensadores, cabe ao oprimido sua libertação.

  18. só não sei o porque do uso da suástica na imagem! se for se referindo ao nazismo, sinto que pecou nisso… mas o sistema sempre nos leva a crer que o N.S foi um sistema de monstros!

    • Paulo, ninguém falou em monstros. O Nazismo, assim como o Fascismo e o Integralismo, é uma postura conservadora e preconceituosa. Por isso a imagem.

  19. Aos que necessitam desesperadamente ler o conteúdo do artigo porque não concordam com a metodologia utilizada, teoria e hipóteses testadas e conclusões deduzidas a partir de resultados sólidos, favor usar este link: http://sci-hub.org/

    Insiram o título do artigo e vão clicando (em geral na primeira opção) até cair na página da revista. Depois disso cliquem em FULL TEXT (PDF) que o trabalho será carregado…

  20. Não conhecia o “Livre pensamento”. As respostas sobre o “preconceito” são magníficas. Parabéns, deleite-me e foram bons momentos com respostas inteligentes em conta-ponto as palavras imbecis de certas respostas. Minha esposa gostou muito também. Obrigado!

  21. Eu já tinha pensado sobre isso em uma “elocubração” insone um dia desses…e não é que tem fundamento?! Haha…adorei esta pequisa e tem muito pano pra manga ainda.
    Continue espalhando o estímulo à criticidade…é o que falta por aí!
    Abraços!
    Quezia Moura

  22. Pingback: Falta de inteligência e preconceito | Brasil dos Absurdos

  23. Oi “Porantim”, ou qualquer outro nome que o valha,

    amigo, como a figura e o seu texto acima sugere, você acredita que os “conservadores” são nazistas, “homofóbicos” (seja lá qual o significado ao qual você atribui esse adjetivo que, tal como um hímen complecente, tudo aceita), religiosos, católicos, etc. e que os “progressistas” são os “revolucionários”. Ora, se é assim, só me esclareça uma coisa: como se explica o pacto entre soviéticos e nazistas que ocorreu antes da guerra e o montante de dinheiro soviético usado por Stálin para construir o exército nazista? E desde quando é conservadorismo a reforma que aquele louco queria fazer dentro da Alemanha? Ora, “conservadorismo” não é querer conservar algo? Pois a ideologia nazista não queria reformar a sociedade e o mundo inteiro numa “nova ordem”? Acho que você é incapaz de escrever qualquer coisa a respeito de assuntos tão sérios e deveria calar a boca. E ainda escreve esse post imbecil se escorando numa matéria das Organizações Globo! E ainda chamam esse site de “livre pensamento”…. é a liberdade de um cubículo 2 x 2… isso aqui não é um site, é uma fraude!

    • Caro Luiz Alberto, falácias e ofensas não tornarão sua argumentação mais válida.

      O conservadorismo (ou conservantismo) é uma corrente de pensamento político e filosófico surgida na Inglaterra, no final do século XVIII, pelo político Whig Edmund Burke, como uma reação à Revolução Francesa. O conservador estabelece valores que considera “atemporais” nos costumes e crenças de uma sociedade. São exatamente os valores nazistas, bem como os fascistas e os integralistas. Todos tons da mesma cor.

      Você tem algumas dificuldades sérias de interpretação de textos. Vejamos:

      Eu não sugeri em momento algum que todo conservador é nazista, como você afirma. O que eu afirmo baseado na História é que todo nazista é conservador.

      A homofobia é um preconceito. Como sugerem os trabalhos acadêmicos em que este texto se baseia, o conservadorismo é umbilicalmente ligado ao preconceito (racismo, homofobia, etc)

      Eu não tenho que explicar nada sobre Hitler. Pergunte aos nazistas. A título de curiosidade, você deveria buscar fontes históricas sobre esse acordo e não opiniões pseudocientíficas.

      O post “imbecil” (você não deve saber disso, mas imbecilismo é uma doença) foi escrito com base em meia dúzia de trabalhos acadêmicos. Além disso, não defende posição nenhuma, se atendo a relatar as conclusões desses trabalhos.

      Outra coisa: Livre Pensamento também é um termo que designa uma corrente filosófica. Livre Pensamento não é pensar qualquer bobagem pseudocientífica. Livre Pensamento não é ofender aos que pensam diferente de você.

      Espero que vá até o cantinho do pensamento e passe alguns minutos refletindo sobre a sua falta de cordialidade e racionalidade neste debate, que é fraterno.

  24. “Os dois citados são dois brasileiros que estão bastante na mídia atualmente por defenderem posições altamente conservadoras e preconceituosas.”…

    …ei, associá-los ao nazismo não é preconceito não?

    …Paralaxe cognitiva…

  25. “O que eu afirmo baseado na História é que todo nazista é conservador.”

    De onde você tirou essa ideia?

      1. HITLER, Adolf – Mein Kampf, 1925
      2. BOBBIO; MATTEUCCI & PASQUINO – Dicionário de Política, 1998, p. 811
      3. GOLDMANN, E. “O CONSERVADORISMO: TRÊS MOMENTOS.” Poder político e resistência cultural (1998): 29.
      4. Junior, Edson José Perosa. “A ASCENSÃO NAZISTA AO PODER: O NSDAP EA SUA MÁQUINA DE PROPAGANDA (1919-1933)
      5. Rodrigues, Cândido Moreira. “Apontamentos sobre o pensamento de Carl Schmitt: um intelectual nazista.” Sæculum–Revista de História 12 (2005).
      6. Qualquer estudo sério sobre o assunto

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s