A força da compreensão científica

troik“Mais do que nunca,
nossa vontade só se fortalece
e se torna indestrutível
sob a condição de apoiar-se
na compreensão científica
das condições e causas
do desenvolvimento histórico”

Lev Davidovich Bronstein

TROTKSY, Leon. внимание к теории. Под знаменем марксизма, Moscou, 1-2, março de 1922.
Tradução: Erick Fishuk
Anúncios

Palestina: não há outra saída além da saída democrática

No momento em que os trabalhadores e os povos do mundo todo sofrem o impacto da guerra de extermínio desencadeada por Israel contra o povo palestino, em particular na Faixa de Gaza… No momento em que os direitos do povo palestino são pisoteados, todos se interrogam: há uma saída?

Há 66 anos, o grupo trotsquista palestino declarava, a propósito do Estado de Israel, em janeiro de 1948:

“Este Estado não tem qualquer futuro histórico. Sujeito a crises e convulsões permanentes – a guerra civil em permanência só pode ser evitada pelo extermínio completo de todos os povoados árabes em seu território –, ele afundará em uma pavorosa carnificina até a próxima etapa da revolução árabe, se o proletariado judeu não se separar a tempo do chauvinismo sionista. A tarefa dos revolucionários judeus em Israel é a de preparar esta ruptura. Sua linha política deve permanecer inabalavelmente a da luta contra a partição da Palestina, pela reintegração do território de Israel em uma Palestina unida, no quadro de uma Federação dos Estados Árabes do Oriente Médio, que garanta à minoria judaica todos os direitos de autonomia cultural nacional.”

Continuar lendo

Atenção à Teoria

Em 1922, a editora do jornal Pravda passou a editar uma revista destinada à juventude russa com o objetivo de discutir a visão materialista em questões fundamentais de filosofia, ciências sociais e ciências naturais. A revista era chamada Pod známenem marksizma (Sob a bandeira do marxismo) e foi editada de março de 1922 até junho de 1944.

A primeira edição da revista publicou uma carta enviada por Leon Trotsky em que este saúda a iniciativa de publicar uma revista teórica filosófica e socioeconômica e enfatiza a necessidade de ligar a teoria e o pensamento materialista à prática do dia a dia.

É esta carta que reproduzo a seguir.

Continuar lendo