ABCérebro: uma TV para aprender neurociência

No ar desde 2013, o ABCérebro é um programa de TV para divulgação de conhecimento científico sobre o cérebro humano criado pelo Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) Instituto de Pesquisa sobre Neurociências e Neurotecnologia (Brainn na sigla em inglês) e pelo programa Cooperação Interinstitucional de Apoio à Pesquisa sobre Cérebro (CInAPCe) ‒ os caras são criativos pra siglas ‒ sob coordenação do Dr. Li Li Min, professor do Departamento de Neurologia da Universidade Estadual de Campinas.

Continuar lendo

Anúncios

O exoesqueleto e a síndrome de vira-latas do conservadorismo

Não imaginei que teria algo pra falar da Copa do Mundo do Brasil, mas o “chute inicial” da copa e sua repercussão me obrigaram a dar minha opinião.

Durante a abertura do evento, Juliano Pinto deu o pontapé inicial da Copa. Detalhe: Juliano, de 29 anos, é paraplégico e tem paralisia total do tronco e dos membro inferiores. Para ser capaz de dar o chute, utilizou um exoesqueleto desenvolvido pela equipe do neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis.

Continuar lendo

Afinal, o que há de tão especial no cérebro humano?

SuzanaQuantos neurônios tem um cérebro? Os maiores cérebros são melhores que os menores? Do que é feito o cérebro?

Suzana Herculano-Houzel é uma neurocientista brasileira que se propôs a responder essas questões. Um dia, disseram a Suzana que o cérebro tinha cerca de 100 milhões de neurônios. Ao buscar a fonte de tal número, não foi capaz de achar. Será que ninguém se deu ao trabalho de contar os neurônios do cérebro antes? Ora, ela resolveu contá-los ela mesma.

Suzana é formada em biologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com mestrado em neurociências pela Case Western Reserve University, doutorado pela Université Pierre et Marie Curie e pós-doutorado pela Max Planck Institut Für Hirnforschung. Ganhou certa notoriedade com a divulgação científica, sendo colunista de grandes meios de comunicação.

Continuar lendo

Molly Crockett: Cuidado com a neuro-bobagem

Molly Crockett é neurocientista, PhD em Psicologia Experimental pela Universidade de Cambridge. Atualmente faz o pós doutorado no departamento de neuroimagem da University College London.

O centro da pesquisa de Molly é a compreensão da base neural do altruísmo, moralidade e valores do ser humano. Ela investiga como os neurotransmissores agem no cérebro para influenciar o comportamento social e econômico do indivíduo.

Nesta palestra para o TED, Molly analisa a moda de “tunning” cerebral e afirma que esta é uma prática pseudocientífica, já que nenhum desses “melhoramentos químicos” é comprovado.

Veja outros vídeos do TED.

Continuar lendo