Apelo pelo respeito à laicidade

Por ocasião do 9 de dezembro de 2016, aniversário da promulgação da lei de 1905 da separação entre Igreja e Estado*

(para assinar, clique aqui)

É pouco dizer que a laicidade vai mal: maltratada, manipulada, vilipendiada, sem ousar se afirmar laica por medo de amálgamas e más interpretações. Princípio de paz, teria se tornado assunto de discórdia. Princípio de unidade para além das diferenças, a ela são atribuídos fins identitários.

Continuar lendo

Anúncios

Justiça para as vítimas das igrejas!

Justiça para as vítimas de abuso sexual pelas igrejas!O texto a seguir foi publicado pela Fédération Nationale de la Libre Pensée (FNLP – Federação Nacional do Livre Pensamento), da França.

A FNLP é parte integrante da Associação Internacional do Livre Pensamento (AILP) e este texto se coloca como parte da campanha decidida pela AILP em seu congresso de fundação, em Oslo, “para revelar e denunciar os crimes cometidos pelos sacerdotes”. É parte, também, da construção do IV Congresso da AILP, que se realizará no dia 11 de agosto no Conway Hall, em Londres (saiba mais).

Os brasileiros também são vítimas das igrejas. Vários casos de pedofilia por padres tem sido registrados por aqui e a lei do silêncio também impera.

Os Livres Pensadores brasileiros, desde já, declaram seu apoio a esta campanha e à construção do IV Congresso da AILP.

Continuar lendo

IV Congresso da Assossiação Internacional do Livre Pensamento em Londres

A AILP (IAFT – International Association of Free Thought) foi fundada em agosto de 2011 em Oslo, Noruega. Seu segundo cogresso teve lugar em Mar de Plata, Argentina em novembro de 2012 e o terceiro em Concepción, Chile, em novembro de 2013.

Este 4º Congresso terá lugar em Londres em 11 de agosto de 2014 (das 9h às 5h) no Conway Hall, o mítico lugar da militância londrina, no número 25 da Red Lyon Square.

A manhã será dedicada à conferência “Crimes da igreja e justiça para as vítimas”, apresentada por Keith Porteous Wood, Diretor Executivo da National Secular Society.Contrubuições de diferentes países vão alimentar o debate com os participantes do Congresso da AILP.

À tarde haverá uma reunião internacional pela separação entre as igrejas e os Estados. Os delegados do Livre Pensamento de diferentes paíes farão uso da palavra. Este 4º Congresso da IAFT será um marco no desenvolvimento tanto do Livre Pensamento quanto do Bureau de Coordenação Europeu do Livre Pensamento.

Nós convidamos todos os Livres Pensadores para fazer parte deste evento e suportá-lo financeiramente.

Pela separação entre as igrejas e os Estados!
Por justiça para as vítimas das igrejas!
Pelo Livre Pensamento!

Junte-se a nós em Londres em 11 de agosto de 2014

 

Presidente da Federação Nacional do Livre Pensamento da França morre em Paris


Marc Blondel, militante do livre pensamento e sindicalista histórico francês, morre aos 75 anos.

A quantidade de homenagens prestadas a Marc Blondel são um termômetro para a importância deste francês para a história da liberdade em seu país e no mundo, tanto na incansável luta pelos direitos dos trabalhadores como na luta pela liberdade de pensamento.

Blondel era advogado e um reconhecido líder sindical. Foi secretário-geral da CGT-Força Operária de 1989 a 2004, quando foi escolhido como presidente da Federação Nacional do Livre Pensamento (FNLP), sendo fundador da Associação Internacional do Livre Pensamento (IAFT), em 2012.

Em 1995 foi um dos principais líderes da série de greves que mobilizaram os franceses contra o Plano Juppé. Tal plano previa o aumento da contribuição dos trabalhadores para a aposentadoria, além de limitar o gasto com saúde (incluindo licenças, hospitais e medicamentos). Milhares de pessoas foram às ruas em seis grandes manifestações que culminaram em um ato em 12 de dezembro com dois milhões de manifestantes.

Blondel ficou famoso exatamente pela defesa que fez da seguridade social para os trabalhadores franceses durante essas greves, chegando a ser considerado “o melhor político da França”.

Fica registrada a homenagem dos livres pensadores brasileiros a este, que foi e ainda é um exemplo de luta para todos nós.

Veja também:

O que é o Livre Pensamento?

Uma introdução à Federação Nacional do Livre Pensamento (França)

Mergulha suas raízes na Grécia Antiga (Platão), por meio da Idade Média (Villon), depois do Renascimento (Rabelais), triunfando com o Iluminismo do século XVIII e da revolução francesa, o Livre Pensamento tem sido o trabalho de todos aqueles que se recusaram verdades reveladas, impostas pelas autoridades e que uma vez se atreveram a levantar-se e dizer não ao obscurantismo e opressão.

Continuar lendo