O nosso universo é o único?

Há mais que um universo?

Nesta rica palestra, o físico Brian Greene mostra como questões físicas ainda não respondidas, como a causa do Big Bang, levaram à teoria de que nosso universo não é único, mas apenas um de um vasto complexo de universos chamado de multiverso.

Continuar lendo

Anúncios

A moral é natural dos animais, não tem nada a ver com religião

É muito comum, ao discutir a moral, escutar o argumento de que toda moral provém da religião, que ateus não tem moral, que o senso moral provém do medo de não viver para sempre no paraíso cristão.

Ora, se a moral é unicamente religiosa, então só poderia existir nas sociedades humanas, certo?

O biólogo alemão Frans de Waal discorda de tal noção. No vídeo a seguir, cita várias pesquisas que estabelecem que várias sociedades de mamíferos são capazes de regras morais, de ética, compaixão, senso de justiça e empatia.

Continuar lendo

Um diálogo sobre a razão

Em um tempo em que a irracionalidade tomou totalmente conta das redes sociais, da política, da cultura e até, em vário momentos, da medicina e da pesquisa acadêmica, será que o pensamento racional perdeu seu poder?

Em 2012 o TED (Technology, Entertainment and Design) gravou um bate papo entre o linguista Steven Pinker e a filósofa Rebecca Newberger Goldstein em que eles discutem e chegam à conclusão de que é a razão o motor da moralidade.

Steven é linguista e escritor de best-sellers em que questiona a natureza de nossos pensamentos. Através da análise da linguagem, ele busca definir até que ponto as ações humanas são inatas e até que ponto são fruto do ambiente.

Rebecca também é escritora, tanto de ficção quanto de não ficção. É apaixonada pelos diálogos socráticos e defende a importância da filosofia, inclusive em seus livros de ficção.


Continuar lendo

Afinal, o que há de tão especial no cérebro humano?

SuzanaQuantos neurônios tem um cérebro? Os maiores cérebros são melhores que os menores? Do que é feito o cérebro?

Suzana Herculano-Houzel é uma neurocientista brasileira que se propôs a responder essas questões. Um dia, disseram a Suzana que o cérebro tinha cerca de 100 milhões de neurônios. Ao buscar a fonte de tal número, não foi capaz de achar. Será que ninguém se deu ao trabalho de contar os neurônios do cérebro antes? Ora, ela resolveu contá-los ela mesma.

Suzana é formada em biologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com mestrado em neurociências pela Case Western Reserve University, doutorado pela Université Pierre et Marie Curie e pós-doutorado pela Max Planck Institut Für Hirnforschung. Ganhou certa notoriedade com a divulgação científica, sendo colunista de grandes meios de comunicação.

Continuar lendo

O padrão por trás do auto-engano

Esta palestra de Michael Shermer é a continuação, 4 anos depois, de outra palestra do TED que já publicamos (assista aqui).

Aqui ele explica a tendência do ser humano em acreditar em coisas estranhas. Para ele, a evolução das espécies nos programou especialmente para acreditar no desconhecido, no bizarro, no inacreditável.

Shermer é psicólogo e historiador da ciência e fundador da revista Skeptic (cético).

Assista também outras palestrar no TED.

Continuar lendo

Manal al-Sharif: Uma mulher saudita que ousou dirigir

Manal al-Sharif

Manal al-Sharif é uma cientista da computação saudita especialista em segurança da Internet.

Em maio de 2011 ela descobriu que não havia, na Arábia  Saudita, nenhuma legislação que proibisse a mulher de dirigir. A proibição era baseada única e exclusivamente na tradição e nos dogmas religiosos. Ela, então, iniciou uma campanha para que as mulheres sauditas começassem a dirigir. Ela se deixou filmar dirigindo e postou esse vídeo no Youtube e no Facebook (veja aqui).

Manal nunca pretendeu romper com sua religião nem com as leis de seu país. Mesmo assim, foi presa várias vezes e tornou-se um símbolo feminista no mundo todo.

Apesar da campanha anti-islâmica feita pela mídia mundial utilizando seu nome, a luta de Manal não é menor. Seu rompimento com um que seja dos dogmas religiosos pode permitir que as mulheres (não só as islâmicas) passem a repensar outros dogmas, outras tradições, e fazer com que caminhem no sentido de pensarem por si mesmas, livrando-se de todos os dogmas e tradições e levando o mundo a  um novo patamar do conhecimento, baseado na realidade.

Veja outros vídeos do TED.

Continuar lendo

Michael Shermer: por que as pessoas acreditam em coisas estranhas?

Michael Shermer é um psicólogo e historiador da ciência. Em 1992 fundou a revista Skeptic (cético), onde expôs as falácias do Design Inteligente, das conspirações do 11 de setembro, visitas alienígenas e outras crenças e paranoias populares.  Shermer defende que só podemos entender o nosso mundo combinando boa teoria com a boa ciência.

Nesta palestra para o TED, Shermer analisa os motivos que levam as pessoas a “verem” a Virgem Maria em um sanduíche de queijo ou nas letras demoníacas que aparecem quando tocamos um disco ao contrário. O vídeo faz-nos perceber como nossa mente nos leva a acreditar em coisas estranhas, mesmo ignorando os fatos.

Veja outros vídeos do TED.

Continuar lendo