O surrealismo canalha da direita brasileira

A direita brasileira é surreal. Quase não dá pra saber se é mal-caratismo ou pura estupidez, mesmo.

Exemplos não faltam: é polícia dizendo que Bakunin era um “potencial suspeito” de organizar ações violentas no Rio de Janeiro em 2014. São promotores que não sabem a diferença entre Engels e Hegel. É uma vereadora do Rio de Janeiro que acha que a Venezuela é governada pelo Seu Madruga. São vários vereadores de várias cidades propondo projetos de lei para “proibir o Apocalipse”. Ou a socialite que vê uma bandeira do Japão e acha que é uma invasão comunista. Tem o deputado que acha que Bertold Brecht é personagem da Escolinha do Professor Raimundo e ainda tem o candidato a presidência que diz que ornitorrinco é da Amazônia…

Bom… Dois juízes sendo homenageados em uma casa de prostituição…

Continuar lendo

Anúncios

Manal al-Sharif: Uma mulher saudita que ousou dirigir

Manal al-Sharif

Manal al-Sharif é uma cientista da computação saudita especialista em segurança da Internet.

Em maio de 2011 ela descobriu que não havia, na Arábia  Saudita, nenhuma legislação que proibisse a mulher de dirigir. A proibição era baseada única e exclusivamente na tradição e nos dogmas religiosos. Ela, então, iniciou uma campanha para que as mulheres sauditas começassem a dirigir. Ela se deixou filmar dirigindo e postou esse vídeo no Youtube e no Facebook (veja aqui).

Manal nunca pretendeu romper com sua religião nem com as leis de seu país. Mesmo assim, foi presa várias vezes e tornou-se um símbolo feminista no mundo todo.

Apesar da campanha anti-islâmica feita pela mídia mundial utilizando seu nome, a luta de Manal não é menor. Seu rompimento com um que seja dos dogmas religiosos pode permitir que as mulheres (não só as islâmicas) passem a repensar outros dogmas, outras tradições, e fazer com que caminhem no sentido de pensarem por si mesmas, livrando-se de todos os dogmas e tradições e levando o mundo a  um novo patamar do conhecimento, baseado na realidade.

Veja outros vídeos do TED.

Continuar lendo