Qualidade e inclusão na educação: um estudo de caso

Em abril passado, tive a oportunidade, meio que por acidente, de assistir uma palestra muito interessante do professor cubano Guillermo Arias Beatón, que ocorreu na sede da APP – Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná. Guillermo trata da concepção de qualidade na educação cubana e como, para eles, a universalização da educação e a inclusão são sine qua non para que exista qualidade.

Vivemos em um momento em que as grandes empresas educacionais buscam padronizar nacionalmente a educação para poderem vender seus sistemas de ensino. Mais: há uma pressão mundial por padronizar os indicadores de qualidade da educação através de testes também padronizados. É a tal da meritocracia… Beatón nos trás uma visão completamente diferente do que se pode compreender por qualidade.

Continuar lendo

Anúncios