A Palestina será livre!

Como todo crime contra a humanidade, o genocídio do povo palestino traz sentimentos de solidariedade a qualquer ser humano que tenha o mínimo de empatia com sua espécie. Muito se tem produzido nestas seis décadas de violência promovida pelo Estado de Israel por acadêmicos, poetas, pintores, ilustradores, historiadores, músicos…

São inesquecíveis, por exemplo, os quadrinhos do jornalista maltês Joe Sacco ou a canção de Roger Waters. Vários outros músicos expressaram esse sentimento de solidariedade, como a banda punk paulistana Inocentes, a banda de rock progressivo Haddad, o rapper alagoano Za Zo (publiquei aqui) ou o cantor pop sueco de origem libanesa Maher Zain.

Com letras profundamente influenciadas pelos valores muçulmanos, Zain faz grande sucesso no Oriente Médio, Malásia e Indonésia, sendo considerado a maior estrela muçulmana da atualidade e a trilha sonora da Primavera Árabe.

O vídeo a seguir é de 2009 e expressa toda a dor e esperança do povo palestino. Infelizmente, continua atual.



Palestine Will Be Free

Every day we tell each other
That this day will be the last
And tomorrow we all can go home free
And all this will finally end
Palestine tomorrow will be free

No mother no father to wipe away my tears
That’s why I won’t cry
I feel scared but I won’t show my fears
I keep my head high
Deep in my heart I never have any doubt that
Palestine tomorrow will be free

I saw those rockets and bombs shining in the sky
Like drops of rain in the sun’s light
Taking away everyone dear to my heart
Destroying my dreams in a blink of an eye
What happened to our human rights?
What happened to the sanctity of life?
And all those other lies?
I know that I’m only a child
But is your conscience still alive

I will caress with my bare hands
Every precious grain of sand
Every stone and every tree
Cuz no matter what they do
They can never hurt you
Cuz your soul will always be free

Palestine tomorrow will be free

Palestina será livre

Todo dia nós dizemos um ao outro
Este dia será o último
E amanhã nós todos poderemos ir para casa livres
E tudo isto finalmente acabará
Amanhã a Palestina será livre

Nenhuma mãe e nenhum pai para secar minhas lágrimas
É por isso que eu não choro
Me sinto assustado mas não vou mostrar meus medos
Eu mantenho minha cabeça erguida
No fundo do meu coração, eu nunca tive dúvidas de que
Amanhã a Palestina será livre

Eu vi aqueles foguetes e bombas brilhando no céu
Como gotas de chuva na luz do sol
Levando embora tudo o que é querido pelo meu coração
Destruindo meus sonhos em um piscar de olhos
O que aconteceu aos nossos direitos humanos?
O que aconteceu com a santidade da vida?
E todas essas outras mentiras?
Eu sei que sou apenas uma criança
Mas é sua consciência ainda viva

Eu vou acariciar com minhas próprias mãos
Cada precioso grão de areia
Toda pedra e toda árvore
Porque não importa o que eles façam
Eles nunca poderão machucá-la
Porque sua alma sempre será livre

Amanhã a Palestina será livre

Tradução livre de Maurício Sauerbronn de Moura
Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s