O estupro e os estupradores

Na última semana, o estupro de uma menina de 16 anos por, pelo menos, 30 homens chocou o país. Por todo canto se escuta sobre “que tipo de monstro seria capaz de tal coisa”, acompanhado de todo tipo de punição sangrenta aos autores do crime.

O que poucos percebem (ou assumem) é que este não é um caso isolado e é apenas mais um exemplo da ideia, generalizada entre os conservadores brasileiros, de que a culpa do estupro é da vítima.

São 30 os protagonistas do estupro, mas são milhares os responsáveis por ele.

Não é por acaso que, no mesmo dia em que é publicada a notícia do estupro, outro estuprador confesso, Alexandre Frota, vai apresentar sua pauta ao Ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM-PE). Não é coincidência que essa pauta contenha a exigência da proibição do professor discutir gênero na escola.

Não é coincidência que outros notórios conservadores saiam a público para culpar a menina de 16 anos por ter sido estuprada, como Lobão, que afirma que não se surpreende com o estupro, já que o país é uma fábrica de putas, como se o fato de ser prostituta justificasse o estupro. Aliás, a mesma lógica seguida pelos que compartilham fotos supostamente da vítima tentando ligá-la à criminalidade, como se qualquer mulher ligada a qualquer crime merecesse ser estuprada.

Tal lógica também é compartilhada pelo deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que proferiu a incrível pérola da imbecilidade:  “Não te estupro porque você não merece”, como se existissem mulheres que merecessem ser estupradas.

Deputados contra o atendimento médico a vítimas

O mesmo Jair Bolsonaro é co-autor da PL 6055/2013, que visa revogar a lei nº 12.845/2013 que obriga os hospitais públicos a prestar atendimento médico gratuito às vítimas de violência sexual. Aliás, o deputado “pastor” Marco Feliciano (PSC-SP) foi ridicularizado na Internet após afirmar que o estupro “é revoltante”, mesmo sendo também co-autor de tal PL.

Outros deputados que assinam tal PL são o pastror Eurico (PHS-PE), Costa Ferreira (PSC-MA), João Dado (SD-SP), Leonardo Quintão (PMDB-MG), Doutor Grilo (SD-MG), Zequinha Marinho (PSC-PA), Alfredo Kaefer (PSL-PR), Henrique Afonso (PV-AC), William Dib (PSDB-SP), Otoniel Lima (PRB-SP) e Eurico Júnior (PV-RJ).

O estupro e a educação

Em 2015, o ex-ator pornô e atual apresentador Alexandre Frota confessou ter estuprado uma mulher, deixando-a desacordada de tanto apertar seu pescoço. A confissão ocorreu no programa do humorista Rafinha Bastos, o mesmo que afirmou em seu show que homem que estupra mulher feia “não merece cadeia, merece um abraço“.

Agora, o que essa figura tem a oferecer à educação brasileira? É o que precisa responder o Ministro da Educação do governo golpista de Michel Temer, Mendonça Filho (DEM-PE), que abriu um espaço na sua concorrida agenda para conhecer as ideias de Frota sobre a educação. Detalhe: o encontro não constava da agenda oficial do Ministro e só foi confirmado após Frota publicá-lo nas redes sociais.

E qual a ideia tão importante que exigia uma reunião secreta de um ministro e um estuprador assumido? Segundo vídeo publicado pelo Revoltados OnLine (que também estava presente no encontro), eles levaram ao ministro a “voz das ruas” que, segundo eles, é 100% a favor do Projeto Escola Sem Partido. Assumiram, ainda, que seu objetivo é o de colocar o ex-presidente Lula na cadeia (seja qual for a relação que eles fazem entre as duas coisas). Frota ainda declarou seu total apoio ao novo ministro.

O tal projeto defendido por Frota e pelos “Revoltados” visa obrigar o professor a apresentar todas as principais visões sobre um tema sem tomar posição nenhuma sobre o tema. Em outras palavras, o professor de biologia deve afirmar que o criacionismo e o evolucionismo são duas visões igualmente corretas! O professor de História ou Filosofia, deve afirmar que ser contra a escravidão é uma tese tão boa quando ser a favor dela. Que defender que a culpa do estupro é a vítima é tão verossímil quando dizer que a culpa do estupro é do estuprador…

Punir os responsáveis

A polícia está procurando as três dezenas de autores dos estupros, mas deveria punir a todos os responsáveis por ele. O verdadeiro responsável por esse e pelos quase 50 mil estupros no Brasil a cada ano é a cultura que endeusa o estupro.

Responsável é o apresentador Danilo Gentili, que afirma que estuprador é “gênio”.

Responsável é o deputador Jair Bolsonaro, que faz apologia ao estupro e, junto com o deputado Marco Feliciano, busca impedir que a vítima de estupro tenha atendimento médico.

Responsáveis são o estuprador Alexandre Frota e os Revoltados OnLine, que querem impedir que o professor discuta gênero na sala de aula. Responsável é o Ministro da Educação, Mendonça Filho, que os recebe pra falar sobre isso.

Responsável é o conservadorismo brasileiro, burro e fascista, que busca sempre culpar a vítima pela violência.

Será coincidência que todos os citados aqui foram defensores de um golpe de Estado contra a primeira mulher a presidir o Brasil?

 

9 pensamentos sobre “O estupro e os estupradores

  1. Em primeiro lugar…. A PL6055/2013 refere-se ao aborto…. A pessoa que sofre violência sexual já têm o direito de receber atendimento médico…social e psicológico… Querem camuflar o aborto com essa lei…. E a PL 6055/2013 derruba a questão do aborto .. Pois a sociedade em sua maioria é contra esse ato de violência contra a vida…

    Curtir

      • Eu li a lei na íntegra… e li tbm a PL 6055/2013 e em nenhum momento fala sobre o atendimento médico… até pq … toda e qualquer pessoa que sofre qualquer tipo de violência.. tem o direito garantido de ter atendimento médico.. social e pscicológico… a questão da PL… que eu li completo… se refere a legalização do aborto… pois a sociedade em sua maioria é contra esse ato de violência contra a vida…. O título da lei 12.845 se dispõe sobre o atendimento… porém dentro da lei.. camuflado.. querem imputar a legalização do aborto.

        Curtir

        • Ow, Gilvaneide. Usa a cabeça, né?

          A PL REVOGA UMA LEI. Não teve curiosidade de ler a lei? Então não entendeu coisa nenhuma.

          Até porque o PL 6055 tem DUAS linhas:

          “Art. 1º. Revoga-se a Lei n. 12.845, de 1º de agosto de 2013.
          Art. 2º. Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.”

          Já a lei que ele revoga é um pouco maior:

          “Art. 1o Os hospitais devem oferecer às vítimas de violência sexual atendimento emergencial, integral e multidisciplinar, visando ao controle e ao tratamento dos agravos físicos e psíquicos decorrentes de violência sexual, e encaminhamento, se for o caso, aos serviços de assistência social.

          Art. 2o Considera-se violência sexual, para os efeitos desta Lei, qualquer forma de atividade sexual não consentida.

          Art. 3o O atendimento imediato, obrigatório em todos os hospitais integrantes da rede do SUS, compreende os seguintes serviços:

          I – diagnóstico e tratamento das lesões físicas no aparelho genital e nas demais áreas afetadas;

          II – amparo médico, psicológico e social imediatos;

          III – facilitação do registro da ocorrência e encaminhamento ao órgão de medicina legal e às delegacias especializadas com informações que possam ser úteis à identificação do agressor e à comprovação da violência sexual;

          IV – profilaxia da gravidez;

          V – profilaxia das Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST;

          VI – coleta de material para realização do exame de HIV para posterior acompanhamento e terapia;

          VII – fornecimento de informações às vítimas sobre os direitos legais e sobre todos os serviços sanitários disponíveis.

          § 1o Os serviços de que trata esta Lei são prestados de forma gratuita aos que deles necessitarem.

          § 2o No tratamento das lesões, caberá ao médico preservar materiais que possam ser coletados no exame médico legal.

          § 3o Cabe ao órgão de medicina legal o exame de DNA para identificação do agressor.”

          Agora me diga, você que é uma leitora tão atenta. ONDE catzo está escrito aborto em qualquer uma das duas leis.

          Curtir

Deixe uma resposta para Gilvaneide Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.