Apelo às organizações sindicais, populares e partidos comprometidos com a democracia e a defesa dos direitos humanos

No sábado, 13 de agosto, às 15h30, no bairro popular de Fort Nacional (Porto-Príncipe), na saída de uma reunião do Movimento de Liberdade, Igualdade dos Haitianos pela Fraternidade (MOLEGHAF), um grupo de homens armados assassinou covardemente Davidtchen Siméon, jovem militante de 23 anos da organização popular progressista MOLEGHAF, muito engajado na luta contra as forças de ocupação da ONU (Minustah), o imperialismo e a opressão dos trabalhadores pelo capital transnacional.

É importante assinalar que alguns dias antes desse odioso assassinato, na quarta-feira 10 e na quinta 11 de agosto de 2016, Davidtchen havia sido violentamente agredido e ameaçado por policiais.

A motivação para  esses atos de barbárie foi o fato de, num primeiro momento, Davidtchen Siméon ter expressado sua posição crítica em relação a um projeto de construção de prédios e de uma avenida que a UNOPS – uma agência da ONU – implantava em seu bairro e, num segundo momento, ter denunciado o salário miserável dos operários que trabalham nessas obras.

De fato, como é público e notório, no Haiti sob ocupação, a implantação de projetos nos bairros populares frequentemente é feita com a utilização de jagunços para intimidar a população.

O Moleghaf, a organização à qual pertencia Davidtchen, é conhecido no Haiti por seu combate em defesa da soberania nacional e pela retirada das tropas da Minustah do Haiti, sem o que Moleghaf considera que não pode haver condições para o exercício real da democracia.

Mas independentemente das opiniões políticas que se possa ter sobre essas questões, o assassinato de Davidtchen precisa ser condenado com a maior firmeza por todos aqueles que tem compromisso com a defesa da democracia e dos direitos humanos mais elementares.

Nesse sentido, nós, que participamos da mesa da Conferência-Debate sobre a ocupação do Haiti, reunidos em Porto-Príncipe, nesta sexta-feira, 19 de agosto de 2016, na sede do Bureau dos Advogados Internacionais (BAI), situado no número 3, 2º Impasse Lavaud, Lalue, apelamos à solidariedade nacional e internacional de todas as organizações, para tomarem posição exigindo das autoridades competentes, particularmente do Ministério da Justiça e da Segurança Pública, do Escritório de Proteção Cidadã (OPC) e da Instrução Geral da Polícia Nacional do Haiti (PNH), a identificação e a condenação dos mandantes e dos autores do assassinato de Davidtchen Siméon.

Abaixo a ocupação, abaixo a barbárie! Fora Minustah!

Em defesa da democracia, contra a barbárie: punição dos responsáveis pelo assassinato de nosso companheiro Davidtchen Siméon


Primeiras Assinaturas:

  • Confederação dos Trabalhadores dos Setores Público e Privado (CTSP) : ctspphaiti@yahoo.fr
  • Bureau dos Advogados Internacionais (BAI): avokahaiti@aol.com
  • Sindicat Nacional dos Trabalhadores da Arte (SYNTART) : syntart76@gmail.com
  • Movimento dos Estudantes pela Libertação do Haïti (MELA) : melajusctice2016@gmail.com
  • Resistência Benoit Batraville
  • Associação das Vítimas do cólera de Boucan-Carré
  • SESP-Sindicato
  • USCPH-União Sindical dos Construtores Profissionais do Haiti – filiada à CTSP
  • Reagrupamento das vítimas do cólera de Lachapelle
  • MOLEGHAF: moleghaf17@yahoo.fr

Enviem vossas mensagens para:

  1. Ministère de la Justice et de lasécurité publique (MJSP): Av. Charles-Summer 18, Port-au-Prince
  2. InspectionGénérale de la Police Nationale d’Haïti (PNH) : 07 Autoroute de Delmas (zone Delmas 2, Haïti)
  3. L’Office  Protecteur  Citoyen (OPC): Av. John Brown, Lalue (Port-au-Prince), tels (+ 509) 2940 3065/ 3702 0656, email : opc@protectioncitoyenhaiti.org/ opc-haiti@hotmail.com

Com cópias para:  julioturra@cut.org.br; ctspphaiti@yahoo.fr; avokahaiti@aol.com; syntart76@gmail.com; melajusctice2016@gmail.com; moleghaf17@yahoo.fr; porantim@gmail.com


Modelo de mensagem:

Chers monsieur, chères mesdames, 

Nous avons été informés du terrible assassinat du jeune Davidtchen Simeon, militant de l’organisation Moleghaf, que lutte contre l’occupation d’Haiti par la Minustah.

Nous vous faisons savoir que nous sommes aux cotés des organisations haïtiennes qui vous demandent l’imediate investigation et punition des responsables de cet acte odieux. 

Comptant sur votre diligence recevez nos salutation distingués,

En défense de la démocratie, contre la barbarie: punition des responsables de l’assassinat de notre camarade Davidtchen Siméon

.

Prezados Senhores,

Fomos informados do terrível assassinato do jovem Davidtchen Simeon, militante da organização Moleghaf, que luta contra a ocupação do Haiti pela Minustah.

Somamos nossa voz às entidades haitianas que exigem de vossas senhorias a imediata apuração do crime e punição dos responsáveis por esse ato odioso.

Contando com vossa diligência, recebam nossas melhores saudações.

Em defesa da democracia, contra a barbárie: punição dos responsáveis pelo assassinato de nosso companheiro Davidtchen Siméon

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s