Abd-Er-Rahman III (891-961)

O maior dos califas árabes muçulmanos, que elevou a Espanha de um estado de profunda desmoralização para uma prosperidade sem precedentes, cultura e brilho, enquanto a Europa cristã estava na fase mais negra da Idade das Trevas. Foi a partir do esplendor de seu império que a civilização foi reavivada na França, depois na Europa em geral.

Veja o livro de S.P. Scott, Moorish Empire in Europe (3 vols. 1904). Scott piedosamente lamenta sua “infidelidade” e sensualidade e, em seguida, descreve o seu magnífico trabalho em linguagem lírica. Stanley Lane Poole (The Moors in Spain, 1897) também diz que ele criou uma civilização “como a imaginação dificilmente pode conjurar”.

Ele desafiou o Alcorão toda a sua vida e foi claramente um ateu.


« Abbe, Professor ErnstAbelard, Peter »Índice

Um dicionário biográfico dos livres pensadores antigos, medievais e modernos – Joseph McCabe

Fonte: The Secular Web
Tradução, adaptação e notas: Maurício Sauerbronn de Moura

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s