Pessoas menos inteligentes tendem a ser mais conservadoras e preconceituosas

Não é nova a idéia de que o conservadorismo e o preconceito estão ligados umbilicalmente. Vários estudos já realizados chegaram a essa conclusão. A novidade é que o posicionamento conservador e o preconceito podem estar ligados à baixa inteligência.

Um estudo feito por pesquisadores de uma universidade de Ontario, no Canadá, chegou a conclusões bastante interessantes: adultos de baixo QI ou com dificuldades cognitivas tendem a ter atitudes conservadoras e preconceituosas (racismo, homofobia, machismo etc).

O estudo foi dirigido pelos pesquisadores Gordon Hodson e Michael A. Busseri, do departamento de Psicologia da Universidade Brock, de Ontario, e foi publicado pela revista Psychological Science.

Os dados levam a crer que as pessoas menos inteligentes se sentem atraídas por ideologias conservadoras porque estas exigem menos esforço intelectual, pois oferecem estruturas ordenadas e hierarquizadas, onde o indivíduo pode se sentir mais confortável.

É bom deixar claro que inteligência nada tem a ver com escolaridade. Há vários exemplos históricos (como a Comuna de Paris ou a Revolução Russa) em que as classes mais baixas e com menos escolaridade se mostraram as únicas capazes de pensar de maneira progressista.

Hodson afirma que “menor capacidade cognitiva pode levar a várias formas simples de representar o mundo e uma delas pode ser incorporada em uma ideologia de direita, onde ‘pessoas que eu não conheço são ameaças’ e ‘o mundo é um lugar perigoso ‘…”.

A grande contribuição dessa pesquisa pode ser a criação de novas formas de combater o racismo e outras formas de preconceito. “Pode haver limites cognitivos na capacidade de assumir a perspectiva dos outros, particularmente estrangeiros”, entende Hodson, já que a crença corrente é que o preconceito tem origens emocionais, não cognitivas.

O que será que Marco Feliciano e Silas Malafaia têm a dizer sobre isso?

Fontes:


Edição em 10/04/2013

Esclarecimentos

Este post levou a uma enxurrada de comentários os mais variados. Como algumas coisas apareceram várias vezes, resolvi esclarecer.

Talvez eu tenha pecado por assumir como premissa que as pessoas chegam a conclusões lógicas facilmente. Aparentemente estou errado, então vou tentar explicar de uma maneira mais simples.

1. “Então você acha que…”

Não tente adivinhar o que eu acho. Este post é simplesmente uma notícia superficial sobre uma pesquisa realizada por pesquisadores canadenses com dados britânicos.

Eu não emiti absolutamente nenhum comentário no texto. Me limitei a descrever a pesquisa conforme eu a compreendi.

2. “Todo conservador é burro”

Percebam: isso não está escrito no texto. Isso não está escrito na pesquisa. Isso não está escrito nas duas matérias jornalísticas que se referem à pesquisa.

De onde tiraram isso? De uma parca noção de lógica. Pensam: se a premissa A e a premissa B tem relação de dependência de B para A, então a recíproca sempre será verdadeira. Bom, isso não existe. Um cachorro amigo é diferente de um amigo cachorro. Não há equivalência lógica entre A -> B e B -> A.

Essa frase é ainda pior pelo uso do termo “burro”. Esse termo não designa nada em específico. É apenas um adjetivo pejorativo. Este blog não concorda com o uso do termo.

3. “Essa pesquisa é preconceituosa”

Por favor, a pesquisa não apresenta conceito nenhum, como pode pré-conceituar. Tal afirmação carece totalmente de sentido.

A pesquisa chegou a conclusões a partir de dados obtidos. No documento com os resultados da pesquisa (último link da seção “fontes) está descrita a metodologia de coleta de dados e de avaliação. Todos têm o direito de discordar da metodologia – inclusive acho importante que o façam – mas chegar a uma conclusão pré-concebida sobre a pesquisa sem lê-la sim é que é preconceito.

Nessa categoria ainda há os ad hominen (falácia de ataque ao argumentador) contra os pesquisadores. Falácias, em geral, não tem a capacidade de chegar a conclusões coerentes.

4. “Eu tenho não sei quantas graduações… Eu falo esperanto e klingon”

Não conheço pesquisa que correlacione escolaridade e capacidade cognitiva. Seu currículo não é de nenhuma serventia aqui.

Esse argumento parece é ser uma tentantiva de argumentum magister dixit (apelo à autoridade).

5. “Não consigo abrir o link da pesquisa”

Bom gente, eu lamento muito, mas o link é da revista Psychological Science e eu não tenho autorização para distribuí-lo. Um colega postou um link que aparentemente também tem uma versão em pdf da pesquisa (não conferi): http://www.30bananasaday.com/forum/topics/bright-minds-and-dark-attitudes

6. “Não se usam mais testes de QI”

Isso não é inteiramente verdade, mas OK, eles estão em desuso. Por outro lado, quem se der ao trabalho de ler a pesquisa, perceberá que os testes foram aplicados pelo governo britânico em 1958 e 1970. Ora, qual instrumental existia na época? Sejamos honestos: é uma crítica que não tem cabimento.

7. “A ciência não serve pra nada. Racionalismo e ceticismo levam a uma vida sem sentido”

Bom, antes de qualquer coisa, por favor, leia este texto que explica resumidamente o que é o Livre Pensamento. Se você nega a ciência,  nega o racionalismo e o ceticismo, está fazendo o que aqui?

8. Este texto é um ataque ao cristianismo

Essa é tão bizarra que eu nem sei o que responder. Cadê o ataque? Malafaia e Feliciano foram citados por serem líderes assumidamente conservadores e sabidamente preconceituosos. Poderia ter citado outros: Reinaldo Azevedo ou Olavo de Carvalho, por exemplo. Se bem que esses não lideram ninguém…

9. “Quem acredita nisso é idiota”, “Quem é progressista tem mais HIV” e absurdos do tipo

Sim, houve vários comentários desse tipo. Será que o cara pensa mesmo que isso é um argumento sério?

Bom, se eu esqueci de mais alguma pérola, eu posto depois.

Sobre os comentários

Se o que você tem a dizer se enquadra em algum dos “argumentos” acima, não perca seu tempo.

Se tudo o que você tem a dizer são ofensas, não perca seu tempo.

Eu leio e procuro responder a todos os comentários. Se seu post demorar a aparecer é porque eu estou trabalhando, comendo, dormindo ou realizando outras necessidades. Não fique nervoso, quando eu tiver tempo, vou responder e liberar o comentário.

Não faça spam. Tem muito spam nisso aqui e eu nem olho mais a caixa de spam.

Se você encontrar erros de português e quiser me avisar disso, fico muito feliz. Se puder, por favor, indique onde está o erro.

761 pensamentos sobre “Pessoas menos inteligentes tendem a ser mais conservadoras e preconceituosas

  1. Concordo com a pesquisa, porem nao concordo com o “blogueiro” usando de forma interesseira e oportunista para querer defender ideologia. Se apenas tivesse colocado o link e cada um tirar suas conclusões teria sido mais útil e informativo. Bom dia! (sem contar a foto kkkk)

    Curtir

    • Eduardo, baseado em que você me afirma “interesseiro e oportunista”? Qual a “oportunidade” que eu tive ao descrever uma pesquisa acadêmica publicada? Qual a “ideologia” que você acha que eu defendi?

      Eu fui inexato em algum trecho do meu texto? Por favor, cite onde.

      É muito fácil vir atacar o argumentador sem ter capacidade de atacar o argumento. Fácil e covarde, diga-se de passagem.

      Curtir

    • Boa Tentativa de desanimar o Blogueiro, porem iso é uma ilusão da sua mente inconsciente pela qual fez sua consciencia acreditar poi você quer ser superior ao blogueiro!

      Curtido por 1 pessoa

  2. Verdade, ciência pura. O povinho ignorante e inculto que seguiu Hitler, Hiroíto e Stalin. Agora temos estas maravilhas de populistas na América Latina, eleitas por gente progressista e libertaria.

    Curtir

    • Luiz, creio que você está um pouco confuso.

      Hiroíto foi imperador do Japão de 1926 até 1989. Não sei de onde você tirou a ideia de que ele tinha “seguidores”. Talvez sua tese parta do fato de que ele e Hitler eram aliados, mas cai por terra quando perceber que Stalin não era.

      Além disso, perceba que o populismo é uma vertente do fascismo, não tem nada a ver com os governos da América Latina até onde eu posso perceber.

      Por fim, libertário é anarquista. Como exatamente você acha que um anarquista elege um governo?

      Resumindo: não entendi nada do que você disse.

      Curtir

    • Pedro,

      Há um consenso acadêmico de que o nazismo é e sempre foi conservador. O próprio Hitler o afirma no seu livro Minha Luta. Compare os princípios conservadores segundo Russel Kirk com os princípios do nazismo e perceberá.

      Ainda segundo o próprio Hitler, o nazismo nunca teve qualquer relação com o socialismo. Segundo Minha Luta (do Hitler), o nome e as cores foram escolhidas para confundir tanto os socialistas quanto os trabalhadores.

      Curtir

  3. Boa noite ,
    Gostaria de entender uma coisa, conservadorismo é falta de inteligência ?
    Preconceito sim eu concordo.
    Mais me defina o conservadorismo .
    Obrigado

    Curtir

    • Fabio, ninguém afirmou que “conservadorismo é falta de ingeligência”. Pelo menos não eu e não os trabalhos acadêmicos citados.

      A definição de conservadorismo utilizada é a do filósofo conservador Russel Kirk, que sistematizou os vários movimentos conservadores em dez princípios:

      1. Há verdades absolutas e as verdades morais são eternas
      2. Defesa da continuidade dos costumes e convenções antigos
      3. O antigo sempre é mais certo (princípio da prescrição)
      4. Mudanças só devem ocorrer se estritamente necessário e, se ocorrerem, devem ser lentas e graduais (princípio da prudência)
      5. Defesa da desigualdade social, ou seja, os pobres devem ser manter pobres e os ricos, ricos; os líderes devem liderar e os súditos, obedecer (princípio da diversidade)
      6. O homem é defeituoso e deve ser guiado e governado por instituições milenares e fortes (princípio da imperfeição)
      7. Defesa da propriedade privada e combate a qualquer tipo de igualdade econômica
      8. Defesa do voluntariado
      9. Defesa da lei acima do bom senso e limitação do poder
      10. Não há evolução. Toda evolução obriga a uma involução. Por isso, os valores eternos não podem nunca ser postos em risco

      Curtir

  4. Otima idéia, apenas a foto foi mal escolhida… na época do surgimento o Nazismo era anti conservador, Hitler inovou na forma de governar e foi totalmente progressista com relação a sua visão. Qualquer alemão da época diria isso… aliás os movimentos de esquerda extrema que pregam a supremacia do estado em detrimento as liberdades individuais nutrem forte semelhança com o regime Nazista.

    Curtir

    • Arthur, como você pode ler no Minha Luta, do Hitler, o nazismo nunca foi “anti-conservador”, ao contrário, sempre se baseou na pauta conservadora. Algumas características marcantes do conservadorismo são muito fortes no nazismo: culto ao líder, culto à tradição, culto a uma “ordem moral” atemporal, defesa sociedade de classes, defesa da propriedade e por aí vai…

      Além disso, até onde eu sei não existe nenhum “movimento de esquerda” que pregue a supremacia do Estado. Na verdade, grande parte do que se convencionou chamar de esquerda defende a abolição do Estado, visto como instrumento de dominação de uma classe pela outra.

      Curtir

  5. Geralmente conservadores tende a se limitar em seguir padrões tradicionalistas sem questionar. Muitas vezes tentam adivinhar quem é você sem te conhecer, te xingam de burro quando você expressa uma opinião diferente a dele, e não mostram ter mente aberta para debater sem citar questões pessoais que nada tem a ver com a discussão. De forma alguma estou generalizando, no entanto eu estaria mentindo se dizer que grande maioria dos conservadores que discutem na internet demonstram esse tipo de comportamento. Muitas vezes são pessoas que não consideram as possibilidades, precisam seguir uma linha de raciocínio quadrada . Para esse tipo de pessoa só existe direita e esquerda, e é exatamente essa característica negativa que acaba sujando a imagem do conservadorismo. No entanto, já cheguei discutir com conservadores regulados que demonstram ter mente aberta para aceitar novas idéias, ou pelo menos discutir sobre tais idéias sem trata-las como sendo algo absurdo. Por incrível que pareça, sim existe conservadores que pensam na possibilidade de algumas de suas opiniões estarem erradas, e portanto sabem discutir com seriedade sobre o assunto. Apesar de ser algo raro

    Curtir

      • Mesmo? Quer dizer que pessoas não conservadoras tendem a ser conservadoras? Meio confuso isso aí, não?

        O que exatamente você quer dizer com tal afirmação (não ficou nada claro)? Quais dados estatísticos ou publicações acadêmicas corroboram sua opinião?

        Curtir

  6. Pelos comentários pode se perceber que autor tem toda razão… as pessoas não leem, interpretam mal e saem criticando.. Só reforça o resultado da pesquisa .

    Curtido por 1 pessoa

  7. Além da baixa inteligência, eu acho que o preconceito também é falta de caráter. Em minha opinião o preconceituoso além de burro, é sem caráter.

    Curtido por 1 pessoa

  8. A conclusão do suposto estudo é muito interessante. Entretanto, é lamentável não haver um link direto para o estudo original, ou a publicação na revista científica. Isso daria maior credibilidade.

    Curtir

    • Adriano, se você tiver a curiosidade de ir até o título “Fontes” (lá no texto mesmo), poderá perceber que há ali o link para a publicação original na revista científica Psychological Science.

      Curtir

  9. Basear uma pesquisa em dados levantados com instrumentos em desuso, considerados insuficientes, não permitirá a conclusão de nada concreto, estará ultrapassada. Ou então teremos que considerar a Eugenia e o conceito de raça nada ultrapassado.

    Curtir

    • Veja, Vilma, você está partindo de uma premissa meio absurda.

      Se, pela sua premissa, não se pode basear em nada que está “em desuso”, então temos que jogar fora Einstein, Darwin, Freud, Smith e quase todos os teóricos e acadêmicos do mundo. Perceba que Darwin não conhecia os genes nem tinha ideia de que eles existiam, mas a descoberta dos genes não tornou a Evolução incorreta (ao contrário disso).

      Seu argumento é uma falácia de apelo à novidade.

      Além disso, veja a data da coleta dos dados. Quando essa coleta de dados inicial foi feita, o conceito de inteligência era baseado na capacidade de resolver problemas novos e seu cálculo tinha como resultado o Quociente de Inteligência. Atente também ao fato de que o QI não está “em desuso”. O que acontece é que o conceito de inteligência ficou mais abrangente.

      Por fim, sua tentativa de falácia de apelo ao preconceito cai por terra ao constatar-se que Eugenia nunca foi ciência. Mais ainda: o conceito de raça não está ultrapassado. É largamente utilizado pela biologia. O que acontece (talvez daí seu preconceito) é que a antropologia não adota mais a classificação por raças.

      Curtir

  10. É natural que seja assim, pessoas menos inteligentes não sabem pensar por si mesmas e precisam de soluções vindas de outras doutrinas para saberem como agir e o que fazer da vida. Se munem de preconceito porque como não possuem experiências grandiosas, morrem de medo daquilo o que é desconhecido. E aí se cometem alguma atitude que saia daquele segmento que estão condicionados, passam a crer que uma força superior maligna os comanda, e justificam as coisas boas de suas vidas em divindades que não existem.

    Curtido por 1 pessoa

  11. Que pena que só países de direita costumam crescer né? :V
    Pena também que países que a esquerda ama costumam ser muito mais preconceituosos, racistas e homofóbicos que paises de direita…
    Legal também usar um simbolo de uma ideologia vermelha pra representar a direita, bem honesto…

    Curtir

    • Meio confuso isso aí, Gustavo. Vamos ver:

      1. Em primeiro lugar, desde a sua criação na Assembléia Nacional francesa, os termos “direita” e “esquerda” se referem ao posicionamento do indivíduo ou de organizações quanto aos privilégios da(s) classe(s) dominante(s). Não vejo como se pode aplicar o conceito a “países”, como você afirma.
      2. Perceba que o texto não falou em momento nenhum sobre “esquerda” e “direita”. Falou? Será que você está tentando criar uma falácia do espantalho?
      3. Sobre quais dados você se baseia para afirmar que “países que a esquerda ama costumam ser muito mais preconceituosos, racistas e homofóbicos”?
      4. O nazismo é uma linha de pensamento conservadora e de direita, já que é a vertente alemã do fascismo (tal como o franquismo é espanhol, o salazarismo é português, o integralismo é brasileiro e por aí vai). Atente à forma como os próprios fascistas chamam a si mesmos: camisas-pardas (nazismo), camisas-negras (fascismo italiano), camisas-cáqui (grupo fascista dos EUA criado por Arthur J. Smith), camisas-verdes (integralistas brasileiros), camisas-cinzentas (África do Sul), camisas-azuis (integralistas lusitanos e falangistas espanhóis) e por aí vai…
      5. Sobre a “cor vermelha”, sugiro a leitura do livro Mein Kampf (Minha Luta), de Adolf Hitler. Em várias passagens, ele afirma que as cores foram escolhidas porque eram as cores do antigo Reich, além disso, ele afirma que o vermelho era usado com mais ênfase para enganar os trabalhadores, os sindicalistas e os socialistas.

      Vejamos algumas passagens (as páginas são da edição de 2001 da Editora Centauro):

      “A cor vermelha de nossos cartazes foi por nós escolhida, após reflexão exata e profunda, com o fito de excitar a Esquerda, de revoltá-la e induzi-la a frequentar nossas assembleias; isso tudo nem que fosse só para nos permitir entrar em contato e falar com essa gente” (página 361)

      “É a essa idéia que a bandeira preta, branca e vermelha, do antigo Reich, deve a sua ressurreição como emblema dos partidos nacionais-burgueses.” (página 368)

      “Se o judeu, com o auxílio do seu credo marxista, conquistar as nações do mundo, a sua coroa de vitórias será a coroa mortuária da raça humana e, então, o planeta vazio de homens, mais uma vez, como há milhões de anos, errará pelo éter” (página 53)

      “O mundo burguês é marxistísco, mas acredita na possibilidade de domínio de determinado grupo de homens (burguesia), ao passo que o marxismo procura calculadamente entregar o mundo às mãos dos judeus” (página 291)

      E por aí segue. Para Hitler, o judaísmo e o marxismo eram a mesma coisa. Perceba que o nazismo não perseguiu apenas judeus, mas homossexuais, negros, ciganos, eslavos, árabes, pacifistas, comunistas, doentes mentais, deficiente físicos e até minorias religiosas, como testemunhas de Jeová.

      Bom, espero que leia um pouco sobre a História das coisas e perceba que não é possível chegar a conclusões verdadeiras baseando-se apenas em preconceito.

      Um abraço.

      Curtir

    • Já aquelas um pouco mais inteligentes leem o artigo até o final e percebem que há um subtítulo “Fontes” com as várias fontes das revistas científicas que publicaram os “vários estudos”.

      Curtir

  12. O que você quis dizer com “erro de português”? Está, por um acaso insinuando que português é conservador ou burro? Não acha que é uma atitude preconceituosa a sua?

    Curtir

  13. Na verdade isso está errado a pesquisa aponta que foram feito estudos a partir de 1958 sendo que a faculdade foi fundada apenas em 1962 e também temos os conservadores progressistas que querem conservar algumas coisas mas ao mesmo tempo progredir

    Curtir

  14. Tem de ser progressista e burro para afirmar uma coisa dessa. Mais um blogueiro comunista se fazendo passar por “intelequitual”.

    Curtir

  15. eu não vou questionar a autoria da pesquisa vamos trabalhar encima do que ele disse aqui:
    …”onde ‘pessoas que eu não conheço são ameaças’ e ‘o mundo é um lugar perigoso.”
    agora entendemos porque as feministas e os gays pedem tantas leis para os proteger de possíveis agressores desconhecidos.

    Curtir

    • Aí o mané fica nervosinho quando alguém diz que ele tem dificuldades cognitivas.

      Um pouco de mundo real pra você, Alessandro: os homossexuais e as mulheres não tem medo do “desconhecido”. Eles tem medo é de energúmenos conservadores machistas que ASSASSINAM 300 homossexuais por ano só no Brasil pelo simples fato de serem homossexuais. Eles tem medo de imbecis escrotos e burros que assassinam 13 mulheres por dia pelo simples fato de serem mulheres.

      Agora, o acéfalo que não tem a capacidade de compreender esse texto e usa o fato de serem exatamente esses assassinos os conservadores que tem medo do desconhecido bem pagar de espertão.

      Curtir

  16. Nunca li tanta besteira antes,pessoas com esse seu tipo de pensamento me dão ânsia de vômito.Acorda pra realidade cara…

    Curtir

    • Não entendi, Giovanna. Qual tipo de pensamento te dá ânsia, o dos conservadores preconceituosos ou outro? Quem é o “cara” que deve acordar pra realidade?

      Enfim… É sempre mais fácil nominar, assim evita mal-entendido.

      Curtir

  17. Com certeza, ter crenças já de imediato é uma burrice, porque antes mesmo de acreditar em você, primeiro precisa acreditar em uma fantasia falaciosa e manipuladora, para depois poder acreditar em você, é absurdo demais! É muita idiotice!

    Curtir

  18. Rs…Entendeu a dificuldade em lidar com pessoas conservadoras e preconceituosas??? São absolutamente intransigentes e intolerantes, considerando-se os donos da verdade e templos da moralidade!!! Adorei e compartilhei.
    Obrigado

    Curtir

  19. Impressionante o Blog, não me surpreendeu o resultado da pesquisa nem tampouco os julgamentos recebidos, visto que quem não o entendeu corretamente o questionou, corroborando a mesma pesquisa da qual discordam e paralelamente ajudam a torná-la mais relevante!
    OBS: Não vou explicar o que disse.

    Curtir

  20. Kkkkkkkkkk… já ri muito, embora saiba que o assunto é sério. Mas como tem gente falando besteira!
    Não se cansaram de levar um banho do blogueiro ainda? Perderam a vergonha tb?
    Mesmo que a pesquisa não fosse verdadeira, diante das opiniões contrárias até este momento, ela se confirma.

    Curtido por 1 pessoa

  21. Se o machismo foi citado o feminismo tbm deveria ser citado. Cada um puxa pro lado do seu gênero, e se um deles é chamado de preconceituoso, a verdade é que os 2 deveriam ser chamados de preconceituosos. Isso não é necessário ter QI alto ou Graduação pra saber. Eu acho o Machismo horrível, assim como o feminismo. E quanto a matéria em geral, os argumentos são bons, apesar do link postado na matéria estar off.

    Curtir

    • Caro Luis, se assassinar uma mulher pelo simples fato de ser mulher é fruto do preconceito, ser contra esse assassinato não é.

      Se a defesa de que o “lugar da mulher é na cozinha” é fruto do preconceito, achar que não há base científica para tal afirmação não o é.

      Sua “lógica” não tem qualquer lógica.

      Sugiro que aprenda o que significa “machismo” e “feminismo”. Se ainda tiver dúvidas, estou à disposição.

      Curtir

    • Luis, qual link está “off”?

      Pra mim, ao menos, tanto o Live Science, quanto a Exame e os dois da Psychological Science estão funcionando normalmente.

      Curtir

  22. Muito interessante o post. Algumas pessoas leem e respeitam mesmo não concordando, enquanto outras brigam para provar o quão Absurdo é…não percebem que Absurdo é não respeitar estudos, opiniões e costumes alheios, essa é a maior falha humana.
    “O problema da humanidade é que os tolos estão cheios de certezas e os sábios cheios de dúvida”

    Curtido por 1 pessoa

  23. Pingback: Muito além das paredes – Cartas cariocas fora do baralho

  24. Simplesmente absurda e idiota a menção das pessoas de direita como sendo menos inteligentes, revela o preconceito e a burrice de quem fez tal conexão, pois nas pesquisas feitas não se chega a essa conclusão; não é o foco da pesquisa. Aliás, tudo o q. o autor dessa matéria queria era dizer q. é um esquerdista fanático, prova flagrante de burrice, pois como alguém sensato pode ter uma ideologia esquerdista depois de tanto mal q. fizeram a humanidade? É o mesmo q. ver um adorador de Fidel Castro, (a maioria dos esquerdistas o são) desbabacados, se sentindo idotas diante da ordem de fuzilamento de pessoas q. estavam apenas tentando fugir dele

    Curtir

    • Veja, Carlos, o nome da pesquisa citada é “Mentes Brilhantes e Atitudes Sombrias: baixas habilidades cognitivas predizem grande preconceito através de ideologias de direita e baixo contato social”

      Perceba que em momento algum se diz “pessoas de direita como sendo menos inteligentes”. O que se diz é que pessoas menos inteligentes tendem ao preconceito e a posições de direta.

      Sugiro que leia novamente a matéria e a pesquisa. Você não entendeu nada de nenhuma das duas coisas.

      Por fim, não sei de onde você tirou esse lance de Fidel Castro, mas perceba que “esquerdismo” designa uma gama de correntes (conselhismo/tribunismo, em especial) que nada tem a ver com o regime cubano, já que são abertamente anti-bolcheviques.

      Sugiro que pesquise mais sobre o assunto, já que, aparentemente, você não tem ideia de sobre o que está falando.

      Curtir

      • Olá Maurício!

        Boa noite!

        Depois de um ano, eu presenciei inúmeros comentários absurdos, autocontraditórios, doentios e irracionais no Facebook que eu quereria lhe partilhar. Os canadianos tinham muita razão. Os conservadores realmente têm baixísismo QI e não são inteligentes.

        — Os conservadores de direita se fizeram de falsos tolerantes para com os homossexuais e argumentaram que apenas os comunistas matavam os homossexuais e fazia a direita de inocente e santa. Eu citei os países cristãos de maioria conservadora onde homossexualidade é um crime e onde os homossexuais são punidos à morte e eles disseram que todos esses países cristãos herdaram da homofobia comunista quando eles foram invadidos pelos comunistas. Mas consultei a história de cada país cristão e vi que alguns deles nunca foram invadidos pelos comunistas, sempre foram controlados e governados pela ditadura de extrema-direita (Quénia é um deles). Eles responderam que essas enciclopédias estrangeiras foram editadas pelos comunistas, pelo MEC e pelo PT. Eu apresentei as enciclopédias antigas na época da inexistência do MEC e do PT, as quais confirmaram a mesma história. Eles ainda disseram que elas foram editadas pelos comunistas. Eles não consultam as enciclopédias e os livros, porque acham que tudo é comunista, consideram apenas Olavo de Carvalho, Rodrigo Constantino e outros célebres de direita e extrema-direita como únicos historiadores autênticos;
        — Além disso, os conservadores consideram todas as mídias (BBC, Catraca Livre, Galileu, HuffPost, Le Monde, Super Interessante, The Guard, The Independent, The New York Times, etc.) como comunistas e esquerdistas e reclamam de postagens sobre ateísmo, homossexualidade, etc. e querem que todas as mídias sejam conservadoras e cristãs;
        — Eles são contra os direitos humanos porque acham que direitos humanos foram inventados pelos comunistas. Os “direitos cristãos” baseados nas «bonnes mœurs» são melhores e os direitos devem ser privilegiados apenas aos cidadãos conservadores, cristãos e heterossexuais. Quando os direitos humanos forem revogados, os conservadores felizes terão “direito” de escravizar os negros e açoitar os pobres. Além disso, eles consideram a ONU como comunista e consideram-na como imprestável e só os direitos dos conservadores valem mais;
        — Eles defendem a pena da morte. Eu argumentei que se a pena de morte fosse instalada no Brasil, haveria pessoas inocentes erradas condenadas à pena de morte. Eles ignoraram isso e defenderam com unhas e dentes;
        — Os conservadores ainda aplaudiram o presidente indonésio, ignorando que ele é muçulmano e os cristãos são perseguidos lá. Ironicamente, eles odeiam os muçulmanos e aplaudem um presidente muçulmano, não é? Além disso, eu alertei sobre os homossexuais, o conservador ainda o enalteceu, dizendo que ele o queria como presidente do Brasil e homossexuais mereciam a pena de morte, que Deus ia abençoar o presidente muçulmano. Depois os conservadores dizem que a homofobia não existe e foi uma invenção dos homossexuais ou dos comunistas, a homofobia foi dos homossexuais que mataram outros homossexuais, mas fizeram comentários homofóbicos no Facebook e no WhatsApp;
        — Acham que China, Cuba, Rússia e Vietname ainda são comunistas (ah, se ainda fossem comunistas, eu não teria conseguido falar com chineses e vietnamitas e chineses e vietnamitas não teriam dispositivos de Apple);
        — Acham que inteligência é sinónimo de banditismo e esquerdismo;
        — Acham que toda pessoa que não concordar com o linchamento por conta própria e a pena de morte é comunista, esquerdista e marxista;
        — Acham que toda pessoa que não concordar com suas opiniões é comunista, esquerdista e marxista;
        — Aplaudem as atitudes dos policiais para com os deficientes e tratam os deficientes como marginais;
        — Casamento gay e união gay são a mesma coisa;
        — Culpam a esquerda pela falta de educação e reclamam de falta de educação, mas xingam as pessoas, se acham cultos, educados e inteligentes e se gabam de ir para os países desenvolvidos;
        — Culpam a esquerda pela violência, desejam a morte aos comunistas e aos esquerdistas e praticam a violência contra as pessoas que não concordam com as opiniões, acham que matar 10 milhões de brasileiros de esquerda é uma boa ideia e menos pior que 100 milhões de pessoas mortas pelos comunistas;
        — Se os presos na ditadura militar foram torturados, porque eram comunistas e mereciam ser torturados e mortos. Ah, e as pessoas que não concordavam com as opiniões de extrema-direita também mereciam? As crianças mereciam? Eles defendem que se houver um comunista na família, a família inteira deveria ser torturada e morta. Agem como revisionista e minimizam os estupro dos torturadores. Eu concluí que além de ter baixíssimo QI e ter preconceito, eles são psicopatas, sádicos e sociopatas iguais ao Jigsaw;
        — Querem mudar-se para a Austrália, o Canadá, os EUA, a Europa, a Nova Zelândia, achando que são países capitalistas e de maioria conservadora e serão bem tratados (ah, se eles forem agressivos e mal-educados, eles serão tratados de forma xenófobica, como lixos, e acabarão presos por homofobia, intolerância religiosa, racismo e xenofobia);
        — São contra a célula-tronco que beneficia os deficientes (conservadores não querem que os surdos sejam curados da surdez com célula-tronco);
        — São o laicismo, a liberdade religiosa e a liberdade de expressão, querem um estado teocrático, uma constituição baseada na Bíblia e nas leis de «bonnes mœurs», em que os adúlteros serão apedrejados, as desvirginadas serão enforcadas, os ateus e homossexuais serão mortos, crianças desobedientes serão jogadas contra a pedra, querem restringuir a liberdade religiosa e a liberdade de expressão aos conservadores cristãos e heterossexuais;
        — São contra o transumanismo (conservadores não querem que os amputados e os deficientes tenham membros robóticos nem sejam ciborgues nem vivam mais que eles, conservadores odeiam os amputados e os deficientes);
        — Veem pessoas deficientes, especiais e com TDA e TDAH como bandidos.

        Curtir

  25. Pois bem, interessante a pesquisa, mas como bem citado no texto, isto é uma tendência, entretanto, há de se relevar que certas pessoas escrevem comentários fúteis aqui… Sou de direita, de certa forma ” conservador ” mas não preconceituoso, e sinceramente, algumas das pessoas que dizem pensar dessa forma falam coisas ridículas.
    Maurício, qual sua posição política ?

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.