Pessoas menos inteligentes tendem a ser mais conservadoras e preconceituosas

Não é nova a idéia de que o conservadorismo e o preconceito estão ligados umbilicalmente. Vários estudos já realizados chegaram a essa conclusão. A novidade é que o posicionamento conservador e o preconceito podem estar ligados à baixa inteligência.

Um estudo feito por pesquisadores de uma universidade de Ontario, no Canadá, chegou a conclusões bastante interessantes: adultos de baixo QI ou com dificuldades cognitivas tendem a ter atitudes conservadoras e preconceituosas (racismo, homofobia, machismo etc).

O estudo foi dirigido pelos pesquisadores Gordon Hodson e Michael A. Busseri, do departamento de Psicologia da Universidade Brock, de Ontario, e foi publicado pela revista Psychological Science.

Os dados levam a crer que as pessoas menos inteligentes se sentem atraídas por ideologias conservadoras porque estas exigem menos esforço intelectual, pois oferecem estruturas ordenadas e hierarquizadas, onde o indivíduo pode se sentir mais confortável.

É bom deixar claro que inteligência nada tem a ver com escolaridade. Há vários exemplos históricos (como a Comuna de Paris ou a Revolução Russa) em que as classes mais baixas e com menos escolaridade se mostraram as únicas capazes de pensar de maneira progressista.

Hodson afirma que “menor capacidade cognitiva pode levar a várias formas simples de representar o mundo e uma delas pode ser incorporada em uma ideologia de direita, onde ‘pessoas que eu não conheço são ameaças’ e ‘o mundo é um lugar perigoso ‘…”.

A grande contribuição dessa pesquisa pode ser a criação de novas formas de combater o racismo e outras formas de preconceito. “Pode haver limites cognitivos na capacidade de assumir a perspectiva dos outros, particularmente estrangeiros”, entende Hodson, já que a crença corrente é que o preconceito tem origens emocionais, não cognitivas.

O que será que Marco Feliciano e Silas Malafaia têm a dizer sobre isso?

Fontes:


Edição em 10/04/2013

Esclarecimentos

Este post levou a uma enxurrada de comentários os mais variados. Como algumas coisas apareceram várias vezes, resolvi esclarecer.

Talvez eu tenha pecado por assumir como premissa que as pessoas chegam a conclusões lógicas facilmente. Aparentemente estou errado, então vou tentar explicar de uma maneira mais simples.

1. “Então você acha que…”

Não tente adivinhar o que eu acho. Este post é simplesmente uma notícia superficial sobre uma pesquisa realizada por pesquisadores canadenses com dados britânicos.

Eu não emiti absolutamente nenhum comentário no texto. Me limitei a descrever a pesquisa conforme eu a compreendi.

2. “Todo conservador é burro”

Percebam: isso não está escrito no texto. Isso não está escrito na pesquisa. Isso não está escrito nas duas matérias jornalísticas que se referem à pesquisa.

De onde tiraram isso? De uma parca noção de lógica. Pensam: se a premissa A e a premissa B tem relação de dependência de B para A, então a recíproca sempre será verdadeira. Bom, isso não existe. Um cachorro amigo é diferente de um amigo cachorro. Não há equivalência lógica entre A -> B e B -> A.

Essa frase é ainda pior pelo uso do termo “burro”. Esse termo não designa nada em específico. É apenas um adjetivo pejorativo. Este blog não concorda com o uso do termo.

3. “Essa pesquisa é preconceituosa”

Por favor, a pesquisa não apresenta conceito nenhum, como pode pré-conceituar. Tal afirmação carece totalmente de sentido.

A pesquisa chegou a conclusões a partir de dados obtidos. No documento com os resultados da pesquisa (último link da seção “fontes) está descrita a metodologia de coleta de dados e de avaliação. Todos têm o direito de discordar da metodologia – inclusive acho importante que o façam – mas chegar a uma conclusão pré-concebida sobre a pesquisa sem lê-la sim é que é preconceito.

Nessa categoria ainda há os ad hominen (falácia de ataque ao argumentador) contra os pesquisadores. Falácias, em geral, não tem a capacidade de chegar a conclusões coerentes.

4. “Eu tenho não sei quantas graduações… Eu falo esperanto e klingon”

Não conheço pesquisa que correlacione escolaridade e capacidade cognitiva. Seu currículo não é de nenhuma serventia aqui.

Esse argumento parece é ser uma tentantiva de argumentum magister dixit (apelo à autoridade).

5. “Não consigo abrir o link da pesquisa”

Bom gente, eu lamento muito, mas o link é da revista Psychological Science e eu não tenho autorização para distribuí-lo. Um colega postou um link que aparentemente também tem uma versão em pdf da pesquisa (não conferi): http://www.30bananasaday.com/forum/topics/bright-minds-and-dark-attitudes

6. “Não se usam mais testes de QI”

Isso não é inteiramente verdade, mas OK, eles estão em desuso. Por outro lado, quem se der ao trabalho de ler a pesquisa, perceberá que os testes foram aplicados pelo governo britânico em 1958 e 1970. Ora, qual instrumental existia na época? Sejamos honestos: é uma crítica que não tem cabimento.

7. “A ciência não serve pra nada. Racionalismo e ceticismo levam a uma vida sem sentido”

Bom, antes de qualquer coisa, por favor, leia este texto que explica resumidamente o que é o Livre Pensamento. Se você nega a ciência,  nega o racionalismo e o ceticismo, está fazendo o que aqui?

8. Este texto é um ataque ao cristianismo

Essa é tão bizarra que eu nem sei o que responder. Cadê o ataque? Malafaia e Feliciano foram citados por serem líderes assumidamente conservadores e sabidamente preconceituosos. Poderia ter citado outros: Reinaldo Azevedo ou Olavo de Carvalho, por exemplo. Se bem que esses não lideram ninguém…

9. “Quem acredita nisso é idiota”, “Quem é progressista tem mais HIV” e absurdos do tipo

Sim, houve vários comentários desse tipo. Será que o cara pensa mesmo que isso é um argumento sério?

Bom, se eu esqueci de mais alguma pérola, eu posto depois.

Sobre os comentários

Se o que você tem a dizer se enquadra em algum dos “argumentos” acima, não perca seu tempo.

Se tudo o que você tem a dizer são ofensas, não perca seu tempo.

Eu leio e procuro responder a todos os comentários. Se seu post demorar a aparecer é porque eu estou trabalhando, comendo, dormindo ou realizando outras necessidades. Não fique nervoso, quando eu tiver tempo, vou responder e liberar o comentário.

Não faça spam. Tem muito spam nisso aqui e eu nem olho mais a caixa de spam.

Se você encontrar erros de português e quiser me avisar disso, fico muito feliz. Se puder, por favor, indique onde está o erro.

Anúncios

753 pensamentos sobre “Pessoas menos inteligentes tendem a ser mais conservadoras e preconceituosas

  1. Pessoas menos inteligentes tendem a ser mais conservadoras e preconceituosas

    Realmente, os árabes palestinos que você defende são muito mais inteligentes que os burros dos israelenses.
    Só pode ser piada de esquerdista dogmático.

    Curtir

    • Bom, Maria Cecília Fontoura, você foi só mais um exemplo do pedantismo preconceituoso de um conservador que não entendeu absolutamente nada do que está escrito e já o atribui às teorias de conspiração esdrúxulas que pululam no fantástico mundo de Bobby que você chama de “realidade”.

      Obrigado por corroborar empiricamente as conclusões da pesquisa apresentada.

      Curtido por 2 pessoas

    • Maria Cecília, existem os paradoxos: Hitler era muito inteligente, persuasivo, religioso, bom estrategista, tinha bom gosto para música e era um ótimo pintor… porém demasiadamente ganancioso, vil e cruel.

      Curtir

    • MCF, vocês, conservadores cristãos bolsonaristas, espalharam as mentiras sobre os israelitas. Vocês são negacionistas e revisionistas, porque negam a existência de judeus ateus, judeus homossexuais, judeus humanistas, judeus reformados e judeus de seitas diferentes e insistem em dizer mentirosamente, sem vergonha, que todos os judeus são judeus religiosamente e não gostam de nenhum palestino, não existem judeus ateus, que são ateus e homossexuais fingindo ser judeus. Vocês dizem isso porque vocês nunca foram visitar as comunidades judias em Israel e nunca questionaram a religião e a política dos judeus e vocês exigem, impõem querem que todos os judeus se convertam à sua maldita religião pseudo-amorosa e pseudo-pacífica de intolerância e ódio porque estão desesperados para o arrebatamento que nunca vai ocorrer. Muitos judeus sempre recusarão a se converter à sua religião porque sua religião foi responsável pela morte de judeus desde o início da Inquisição.

      Curtir

  2. Eu não diria assim, eu diria que pessoas menos inteligentes tendem a ser mais EXTREMISTAS. Usar a palavra conservador ao lado de preconceituoso debaixo de uma tatuagem de suástica é muito tendencioso. Também, é muito mais fácil não ser conservador nas universidades de hoje onde todo mundo se diz revolucionário. A falta de inteligência e de opinião própria acho que está aí, uma vez que se deixa levar pela corrente da maioria.

    Curtir

    • Veja, Samuel.

      O que você ou eu “diríamos” não está em questão aqui. O que se expõe neste texto é que, a partir de dados colhidos e analisados metodologicamente, vários pesquisadores concluíram que preconceito e conservadorismo estão ligados e que pessoas com dificuldades de aprendizagem tem uma tendência a serem adultos conservadores.

      Esses são os termos usados, não são outros.

      Sendo publicado em uma revista científica que não é pós-moderna, esses dados, a metodologia e os termos foram todos revisados por outros pesquisadores.

      Se há publicações cientificas que dizem outra coisa, OK, podemos discutir em cima disso, mas não é uma questão de opinião, percebe?

      Curtir

    • Depende do que você considera extremismo. Mas em parte, concordo. Eu diria que pessoas menos inteligentes (no sentido de lógica) tendem a ter menos senso crítico, seguir idéias pré concebidas sem questionar muito. Mas eu faço a ressalva de que não necessariamente inventar algo novo seja sinal de uma alta inteligência lógica. Outra ressalva é que mesmo a alta inteligência lógica pode ser enganada, principalmente se os dados iniciais estiverem errados.

      Curtir

      • Outro ponto que preciso levantar é que às vezes as pessoas deixam de pensar por falta de tempo ou preguiça, não por que são pouco inteligentes. O sistema atual não ajuda, pois ele nos quer trabalhando, não pensando (a não ser se for pensar em “inovações” no ambiente da empresa, para fazer o chefe ter mais lucro). O resto, para eles, é bobagem (vide o desdém com as ciências humanas). Além disso, é possível surgir os pensamentos subversivos, sempre perigosos para quem detém o poder.

        Curtir

  3. Reductio ad Hitlerum – o argumento dos ignorantes

    quando vocês aprenderem a raciocinar param de tentar associar as pessoas ao nazismo e param de criar “regrinhas” pra chamar os outros de algo com pompas de intelectual, nada é mais irracional que uma generalização, ainda mais uma que faz falsas analogias como nazismo = conservadorismo

    não esqueçam vocês que a esquerda ainda é responsável pela maior parte das guerras e mortes da humanidade

    Curtir

    • Veja, caro Cidadão Que Não Tem Vergonha Na Cara Nem Pra Se Identificar, começa que “reductio ad hitlerum” nem é uma falácia de verdade, é só uma invenção de Internet. A falácia de verdadinha relativa ao que seria isso, creio eu, é o de linguagem preconceituosa, que atribui valores morais ao argumento ou ao interlocutor.

      De qualquer forma, se você tivesse tido a capacidade de chegar ao texto ao invés de “ver só as figurinhas”, teria percebido que toda a sua argumentação se baseia no mais puro preconceito seu. Vejamos:

      1. Você mente ao afirmar que alguém tentou “associar as pessoas ao nazismo”. Quais pessoas? Em que parte do texto?
      2. Onde é que se “criaram regrinhas” neste texto? Cite
      3. Quem é que foi chamado de “algo com pompas de intelectual”? O que exatamente você considera “algo com pompas de intelectual”?
      4. Generalização não tem nada de irracional. O Método Indutivo é um método científico baseado na generalização
      5. Existe um tipo de erro lógico chamado de generalização precipitada, é fato, mas você vai ter que identificar por qual motivo você acha que a evidência estatística apresentada não tem relevância estatística suficiente pra suportar a conclusão
      6. Analogia não é igualdade, mas semelhança. Uma falácia de falsa analogia ocorre quando diferenças relevantes são ignoradas entre duas coisas. Assim, demonstre onde é que (1) alguém aqui disse que “nazismo = conservadorismo” e, se tiver capacidade, (2) quais diferenças relevantes foram ignoradas.
      7. Demonstre onde é que se falou de “esquerda” aqui.
      8. Apesar de não ser relevante para o assunto, demonstre fontes acadêmicas que evidenciem que “a esquerda ainda é responsável pela maior parte das guerras e mortes da humanidade”

      Percebeu que, de tudo o que você falou, não restou nada que tenha um mínimo de coerência e contato com o mundo real?

      Infelizmente, caro Hater Anônimo, você só fez corroborar empiricamente (ainda que anedoticamente) o resultado das várias pesquisas acadêmicas aqui citadas.

      Curtir

      • Você no seu artigo citou a comuna de Paris e a Revolução Rússia, que gerou em ditaduras comunistas e socialistas. Até onde eu sei, o comunismo e o socialismo é a ideologia defendida pela esquerda.

        Curtir

        • Oi, Ana Júlia. Você está um pouco confusa.

          A Comuna de Paris foi a primeira experiência de democracia real da História. Logo após tomarem o poder, o communards realizaram uma série de decretos. Leia o primeiro deles:

          Artigo I. As velhas autoridades de tutela, criadas para oprimir o povo de Paris, são abolidas, tais como: comando da polícia, governo civil, câmaras e conselho municipal. E as suas múltiplas ramificações: comissariados, esquadras, juízes de paz, tribunais etc. são igualmente dissolvidas.
          Artigo II. A comuna proclama que dois princípios governarão os assuntos municipais: a gestão popular de todos os meios de vida coletiva; a gratuidade de tudo o que é necessário e de todos os serviços públicos.
          Artigo III. O poder será exercido pelos conselhos de bairro eleitos. São eleitores e elegíveis para estes conselhos de bairro todas as pessoas que nele habitem e que tenham mais de 16 anos de idade.”

          Como se faz uma ditadura sem Estado, sem polícia e sem juízes? Conta pra mim.

          A Comuna, na verdade, foi a primeira vez que a mulher e as crianças foram vistas como seres humanos iguais, com o poder de dirigir as próprias vidas (veja aqui). Veja este decreto:

          “A submissão das crianças e da mulher à autoridade do pai, que prepara a submissão de cada um à autoridade do chefe, é declarada morta. O casal constitui-se livremente com o único fim de buscar o prazer comum. A Comuna proclama a liberdade de nascimento: o direito de informação sexual desde a infância, o direito do aborto, o direito à anticoncepção. As crianças deixam de ser propriedades de seus pais. Passam a viver em conjunto na sua casa (a Escola) e dirigem sua própria vida.”

          Foi também a primeira vez que a Igreja e o Estado se desligaram, ou seja, a primeira experiência de liberdade religiosa (veja aqui).

          Na verdade, a Comuna durou pouco mais de dois meses e foi esmagado com sangue pelas forças unidas de Luís Bonaparte e do Império Alemão em um episódio conhecido como “Semana Sangrenta”.

          Você deve ter se confundido, Ana. Tem vários artigos aqui no site sobre aspectos da Comuna. Sugiro que leia.

          Até o artigo da Wikipédia sobre o assunto, apesar de limitado, já te daria uma boa noção sobre o assunto.

          Curtir

          • Eu sei disso, mas não estou confusa, foi através dessa comuna que surgiu os comunistas e socialistas.
            Foi por causa da comuna que os comunistas são chamados de comunistas.
            Não disse que a comuna foi ruim, apesar de não concordar com muitas coisas que ela prega, mas a comuna abriu portas para o ganho de poder do pensamento socialista e comunista, o qual eu sou totalmente contra.
            O pensamento progressista segue a ideologia socialista e comunista.

            Agr vai me dizer que não houve ditaduras comunista e socialistas ?
            Mas obrigada pelo esclarecimento, eu acho que me expressei mal.

            Curtir

            • Não, Ana. Você está confusa novamente.

              O Manifesto Comunista já existia antes da Comuna. O socialismo, então, é muito, mas muito mais antigo.

              Como pode o socialismo ter nascido de uma coisa que foi construída por socialistas? Nem tem lógica.

              Com o que exatamente você não concorda com a Comuna, Aline?

              O “pensamento progressista” não segue ideologia nenhuma, Ana. Em seu tempo, os economistas políticos ingleses (que defendiam o capitalismo) também foram progressistas. Diga-se de passagem, o nome que davam ao Capitalismo era Liberalismo.

              Curtir

          • Mas não posso dar seguimento a este debate, ao contrário de você eu tenho pouco conhecimento a respeito deste assunto só sei oq eu já li.
            Não gosto do pensamento socialista, prefiro o liberal e conservador, liberal para defender a liberdade individual e o conservador para conservar as morais.
            Sinceramente não concordo com a pesquisa, e tenho dúvidas sobre o método, mas não sou nenhuma estudiosa, talvez essa pesquisa tenha doido em meu orgulho por ter raízes conservadoras.
            E na minha opinião, msm sabendo que este artigo vc não expressou sua opinião, todos os extremos de ideologia deveria entrar neste artigo, pq dá msm forma que um conservador extremista é menos inteligente, um socialista ou comunista extremista também é menos inteligente.
            Os extremos são sempre prejudiciais.

            Curtir

            • Bom, Ana, deixei algumas sugestões de leitura (e um vídeo) nos links. Nenhum deles se aprofunda muito, mas podem ajudar a clarificar o assunto.

              Sobre o “extremismo”, não sei o que você entende pelo termo, mas a própria Bíblia defende o radicalismo:

              “E ao anjo da igreja de Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus:
              Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!
              Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.”
              (Apocalipse 3:14-16)

              Curtir

            • Extremismo para mim é quando você chega a maltratar e impedir a liberdade do próximo, para impor sua ideologia e para que ele siga somente aquilo, oq acontece nas ditaduras.
              Sou cristã não compactuo com várias coisas e eu não aceito(então não faço) mas eu respeito vc fazer elas.
              Eu concordo com este trecho, você é ou não é.
              Deus neste trecho dá a escolha , ou seja frio (ruim, afastado de Deus, odeie a Deus) ou quente (ame a Deus e respeite ele) , não terá meio termo.
              Agr em questão social, eu não posso intervir na liberdade do outro pq eu sou conservadora, si Deus não intervem, quem sou eu para intervir.

              Curtir

            • Bom, sua definição é bastante ampla. As bancadas evangélicas nas câmaras legislativas, pela sua definição, são extremistas.

              Por outro lado, um “extremista em defesa do conhecimento científico” pode ser “conservador e preconceituoso”? Parece-me que não.

              Curtir

          • Mas o que é conservador para você ?
            Não existe nenhum cientista conservador ?
            Eu amo a ciência acho ela maravilhosa, mas sou conservadora!
            Acredito em Deus, e não há nada que me fará desacreditar, já questionei, deixei de acreditar, mas é a única coisa q faz minha vida ter sentido, mas isso não me torna burra, nem cega às atrocidades que as religiões já fizeram e faz, mas eu respondo por mim e não por elas.
            Agr em questão a bancada evangélica, eu não sou evangélica, mas eles estão defendendo a opiniões deles conforme oq eles acreditam, dá msm forma que o PT e outros partidos defendem oque eles acreditam e a ideologia deles. Ter diferença de opinião eu acho essencial, pois cada um verá um ponto diferente e poderá entrar em um acordo. ( Na minha opinião, ao fazer uma lei que irá influenciar totalmente na vida dos cidadãos, os cidadãos deveriam votar nela, não somente os politicos, pois assim eu acreditaria em democracia)
            Na questão preconceituosa, na minha humilde opinião, opinião oposta está si tornando sinônimo de preconceito.
            Não estou defendendo ninguém para deixar bastante clara !
            E nem todo conversador é preconceituoso. (Apesar que eu acho que seu artigo não generalizou de tal forma)

            Curtir

            • Aqui eu uso a definição de Russell Kirk para o conservadorismo, Ana, já que ele é um teórico conservador.

              Na maioria das ciências, o conservadorismo é contraditório. Vejamos a biologia: a evolução se dá em saltos qualitativos. Isso fere frontalmente os princípios conservadores.

              A ideia de uma “ordem moral universal perene” fere qualquer conhecimento histórico e filosófico.

              A ideia conservadora de que não há liberdade sem propriedade é negada pela História também (aliás, é negada pelo cristianismo, o que por si só já é uma contradição interna).

              Sobre as bancadas evangélicas: quando você impõe a leitura de um livro religioso (qualquer que seja) na escola ou em qualquer repartição pública, você está IMPONDO sua religião às outras. Logo, pela sua definição, está sendo extremista. Não?

              O mesmo sobre o aborto. O conhecimento científico, teológico e filosófico acumulado pela humanidade afirma que um feto não é um ser humano. Ao dizer que a mulher não tem direito a abortar e aplica cadeia àquela que o fizer, impõe através da coerção e violência uma opinião. Percebe?

              Só pra citar dois exemplos.

              Sobre o preconceito, você entendeu certo. O artigo não diz que todo conservador é preconceituoso nem que todo conservador é burro nem nada do tipo. O que vários artigos científicos afirmam é que há uma ligação entre preconceito e conservadorismo e uma relação (que pode ou não ser causal) entre déficit cognitivo e conservadorismo.

              Curtir

      • Você está certo, equivoquei !
        Mas eu li, em um livro, que o termo comunista surgiu dá comuna, as pessoas que defendiam a comuna eram chamados de comunistas.

        Curtir

        • As pessoas da comuna eram chamados de comunardos ou communards (veja na Wikipedia).

          Havia entre eles várias matizes socialistas (blanquistas, anarquistas, comunistas etc). A Comuna é o resultado do pensamento socialista, não o contrário.

          Curtir

          • Sim! Eu errei em falar que a comuna surgiu o socialismo. Mas o termo comunista até onde eu já li em um livro chamado A história não contada dos Estados Unidos. Lá fala que as pessoas que defendiam a comuna e tal, eram chamadas de comunistas e eram perseguidas.
            Mas já tem um tempo que eu li, então pode ser até o contrário.
            Desculpe os aborrecimentos, sinceramente eu falei besteira msm. E obrigada !!

            Curtir

            • Ana, não há o que se desculpar.

              O debate sincero e educado é exatamente o que se buscar neste sítio.

              Só uma dica: cuidado ao comparar livros a artigos científicos. Qualquer pessoa com dinheiro pode editar um livro e dizer o que quiser sem compromisso com a verdade.

              Esse livro eu não li e não tenho condições de criticar. Parece uma boa por ser escrito por um diretor de cinema (que dá forma à história) e um historiador, mas ainda assim, não tem necessariamente compromisso com o conhecimento científico.

              Curtir

    • “não esqueçam vocês que a esquerda ainda é responsável pela maior parte das guerras e mortes da humanidade”

      Você é hipócrita porque “Comunista bom é comunista morto” que você colocou como nome, demonstra que você está a igualar-se a quaisquer ditadores, ou seja, você quer cometer genocídio ou limpeza étnico-política de pessoas que não partilham suas ideias conservadoras e direitistas.

      Esse comentário denuncia que você é psicopata e sociopata porque você é negacionista e revisionista e minimiza sempre as atrocidades do conservadorismo e da direita contra os ateus, os cientistas, os homossexuais, as mulheres e os negros e culpa exclusivamente a esquerda por tudo que aconteceu neste mundo.

      Já que você iria dizer que nazismo é de esquerda, vá dizer aos neonazistas que nazismo é de esquerda e eles não são conservadores. Eles se sentirão ofendidos com você e acusarão de ser pago pelos judeus para desacreditá-los. Eles não aceitam nem aceitarão ser chamados de esquerdistas ou liberais. Nem tolerarão as suas contradições. Eles se consideram apenas conservadores e direitistas.

      Já que você está a minimizar as atrocidades da direita e diz que só a esquerda mata os homossexuais. Fale-me de como os homossexuais eram tratados na Austrália e da Nova Zelândia, governadas pelo Reino Unido muito conservador e direitista no fim do século XIX. Lá, homossexuais australianos e neozelandeses eram condenados à pena de morte em nome da TUA bíblia assassina, criminosa, genocida e pregadora de ódio.

      Além disso, fale-me da história do Quénia e da Uganda, países de maioria conservadora cristã direitista… Não falsifique nem minta que esses países são homofóbicos porque eles herdaram a homofobia dos soviéticos que os invadira,. Cale-se, revisionista conservador mentiroso. ELES NUNCA FORAM INVADIDOS PELOS COMUNISTAS. Esses países SEMPRE foram governados e controlados pela extrema-direita durante 60 anos ATÉ HOJE. Então, diga-me como os homossexuais são tratados nesses países cristãos conservadores direitistas… ELES SÃO PERSEGUIDOS, MORTOS E CONDENADOS À PENA DE PRISÃO PERPÉTUA OU ATÉ À PENA DA MORTE!

      Então fale-me da história da guerra pelos sérvios CRISTÃOS contra os bósnios e os croatas nos anos 1990. Cale-se, eles NUNCA foram comunistas. Sérvios sempre odiavam os bósnios por serem muçulmanos. Sérvios CRISTÃOS mataram, ESTUPRARAM e exterminaram milhares de bósnios.

      Não venha posar direita de angélica, inocente e santa e esconder os seus podres e culpar exclusivamente a esquerda… Você é dissimulado, falso, hipócrita, psicopata e sociopata.

      Curtir

  4. Já faz uns 6 mesês mas se tive uma boa compreenção do texto pessoas com pouca ou nula escolaridade tem uma tendência a optar pela direita pela fácil compreensão da ideologia.
    Mas tenho que dizer que isso é só teórico, na prática a idelogia de esquerda é mais fácil de ser assimilada afinal basta você dizer que é afavor da legalização e(ou) descriminalização da maconha, do aborto, votar em partidos liberais dar um “like” no pt(comunistas sociopatas) e chamar as multi de porcos-capitalistas (Enquanto você está na Disnei) e o fato de pessoas mais velhas seguirem a direita, é mais provavel que seja porque a direita não promove manifestações baseadas em asneiras e também valoriza a família.
    E se você for jovem e estudar em uma escola de liberais deve evitar abrir a boca porque você vai ser linxado e provavelmente não será ouvido. Mas fora os equivocos obvios da pesquisa achei interesante e até que importante.

    Curtir

    • Mateus, sugiro que leia novamente o texto.

      1. O texto não se refere a escolaridade, mas inteligência lógico-matemática;
      2. O texto não fala em direita, mas em consevadorismo;
      3. O que você entende por “teórico”? A Teoria da Gravitação Universal é teórica, mas isso não muda o FATO de que, se você pular de um prédio, se dirigirá ao chão em movimento uniformemente variável com aceleração de, no máximo, 9,823 m/s². Certo? Uma teoria é uma explicação da realidade;
      4. As pesquisas citadas neste texto são baseadas em evidências estatísticas colhidas oficialmente por órgãos governamentais, ou seja, são teóricos e representam fatos (ou visões de fatos);
      5. Você faz um monte de afirmações que não tem em absoluto relação com este texto, mas não apresenta quais são as evidências que as corroboram. Isso invalida completamente suas afirmações;
      6. Defender a legalização da maconha não tem absolutamente qualquer relação com ser de esquerda. Entre os maiores defensores da legalização da maconha no mundo estão Fernando Henrique Cardoso, George Soros, Ernesto Zedillo, Ricardo Lagos e César Gaviria. Todos eles representantes da Direita dentro do espectro político. Diga-se de passagem, segundo a CIA, o único país que conseguiu vencer as drogas foi a URSS;
      7. Você está confuso com o significado da palavra “liberal”. Bolsonaro é uma personalidade que se afirma liberal. Margaret Thatcher, Ronald Reagan, Donald Trump… Aliás, todas as personalidades conservadoras brasileiras contemporâneas se afirmam liberais. Liberal é o membro ou defensor da escola econômica clássica inglesa.
      8. Qual é a evidência de que “pessoas mais velhas seguem a direita”? Tem milhares de líderes comunistas pelo mundo com mais de 70 anos (só pra citar alguns: João Amazonas, Oscar Niemeyer, Fidel e Raul Castro, Prestes…). Há alguma evidência estatística publicada que corrobore sua afirmação?

      Em resumo, Mateus, seria bom pelo menos pesquisar um pouco sobre os assuntos que trata. Assim você não perde o seu tempo nem me faz perder o meu.

      O que acha?

      Curtir

  5. Você não definiu Conservadorismo. Apenas o tachou como preconceituoso e extremista. O seu texto é de um nível de desonestidade intelectual empiricamente incoerente com o seu conteúdo. o pior é que eu cheguei aqui porque uma pessoa compartilhou esse texto resposta a uma tese que defendia uma ideia conservadora. Lamentável o nível de superficialidade em que vocês debatem os seus ideais.

    Curtir

    • Ignacio, este texto (como já citado várias vezes) utiliza a definição de Conservadorismo publicada por Russel Kirk em The Politics of Prudence. Escolhi essa definição porque Kirk era um filósofo abertamente conservador.

      Gostaria de chamar sua atenção aos fatos:

      1. Eu não “tachei” coisa nenhuma. A relação entre conservadorismo e preconceito é largamente publicada em artigos acadêmicos pelo mundo todo. O texto cita alguns deles.
      2. Se você acha que errei em algum ponto ao transcrever minha compreensão sobre o resultados dos artigos científicos citados, por favor, demonstre meu erro citando as partes dos artigos acadêmicos que não entendi ou que entendi errado.
      3. Este texto não expressa opinião alguma nem debate nenhum “ideal” (ou o faz? Onde?). Ele é, sim, superficial e não é acadêmico, já que simplesmente trata de comentar as conclusões que mais de um artigos acadêmicos publicados chegaram. Perceba que a intenção é essa mesmo. Aliás, se quer profundidade, leia os artigos nas revistas científicas. O que acha?

      Curtir

  6. Pingback: Pessoas menos inteligentes tendem a ser mais conservadoras e preconceituosas – Jornal Em Foco

  7. O título dá postagem vem ilustrado com um neonazista. Clara tentativa de associar o conservadorismo ao nazismo. Quer algo mais tendencioso do que isso? Isso já descredibiliza todo o post!

    Curtir

    • João, este texto não “tenta” associar ninguém a coisa nenhuma.

      Quem associa o Conservadorismo ao preconceito, racismo, xenofobia e ao nazismo/fascismo diretamente são milhares de artigos acadêmicos publicados em revistas científicas. São milhares de trabalhos historiográficos, sociológicos e psicológicos. Alguns deles estão citados no texto. Leia-os.

      Sobre ser “tendencioso”, João, tenha cuidado ao tentar impor seu moralismo ao resto do mundo. Defender a ciência é defender uma visão, uma tendência (a de que a criação do conhecimento deve ter método).

      Este site é abertamente tendencioso. Defende a ideia de que todas as opiniões devem sempre ser baseadas nos fatos, na razão e na lógica e não em autoridade, tradição ou dogmas. Você tem todo o direito de discordar disso e o fará de maneira tendenciosa.

      Curtido por 1 pessoa

  8. Existe sabedoria no homem médio! Na simplicidade de algumas verdades, fatos e constatações. A sociedade se auto-regula para subsistir. Existem argumentos progressistas que necessitam de grande ginástica mental para serem defendidos, então acredito que o estudo exposto faz todo sentido. O homem simples vê o que está ao seu redor, constata o que vivenciou e o que dá certo e o que dá errado, despido de ideologias. É de se esperar que tenha inclinação para pré-concepções, mas que, por outro lado, esteja certo em muitos aspectos relevantes e práticos. Não “procuram pelo em ovo”. Como diz Ben Shapiro : “You have to be highly educated to be that stupid!” A abordagem do texto e a imagem que o acompanha servem ao propósito do site e sua posição política. Nada a opor. Sugiro, no entanto, um texto sobre as pesquisas sobre a diferença entre o QI médio de negros e brancos americanos e de homens e mulheres acompanhado por uma imagem provocativa. Aí veremos o quanto a esquerda aceita e gosta de estatísticas!

    Curtir

    • Olá, Lara.

      Você vai me desculpar, mas não entendeu absolutamente nada deste texto.

      Ninguém falou em “homem médio”. Aliás, é de um preconceito lastimável afirmar que o “homem médio” tem baixa inteligência, não acha?

      Outra: você afirmar que não ser racista, homofóbico ou machista é “procurar pelo em ovo” é triste.

      Ninguém é “despido de ideologias”. Isso é uma afirmação estapafúrdia. Pior é sua tentativa de afirmar que o ódio racial, o ódio de gênero e o ódio pela orientação sexual são “despidos de ideologia”.

      Infelizmente, para uma advogada, espera-se a capacidade de compreender um texto escrito, o que não foi capaz.

      O propósito deste sítio é a defesa do conhecimento científico. Sua tentativa de ad-hominem é patética.

      Sobre sua provocação racista: indique publicações científicas que demonstram “a diferença entre o QI médio de negros e brancos americanos e de homens e mulheres” e eu faço um texto sobre ele, assim como fiz aqui. Sem isso, é só mesquinharia sua.

      Curtir

    • Lara Malta, usar o IQ dentre brancos e negros prova que os pesquisadores canadianos e da Flórida estão certos, por isso, você e a direita são absolutamente homofóbicas, racistas e xenofóbicas. Não adianta mentir e esconder-se.

      Por isso, tenho nojo de você e da direita conservadora cristã. Vocês vêm promover só discursos de ódio. Não venha falar-me de amor de Jesus.

      Curtir

  9. As “profecias” dos pesquisadores canadianos e floridianos funcionaram, Maurício.

    Basta visitar várias páginas de G1 e muitos comentários de Facebook e Youtube em português e inglês e você encontrará inúmeras respostas de cristãos conservadores e conservadores de [extrema] direita fazendo inúmeros discursos de ódio e defendendo e louvando o movimento neonazista e comemorando a morte daquela moça em Charlottesville, a demissão de um casal gay pelos empresários conservadores, a morte de gays e você se espantará com a dissimulação, a hipocrisia, as mentiras, o maquiavelismo, a psicopatia, o sadismo e a sociopatia da direita, do conservadorismo e do cristianismo. Depois eles culpam o comunismo e dizem que a homofobia não existe, o racismo não existe e o nazismo é de esquerda. Todos esses comentários deles denunciam o seu analfabetismo [funcional], a sua ignorância, o seu pseudo-intelectualismo e a sua pseudociência (por exemplo, IQ). Eles agem como papagaios repetitivos, sabem repetir só argumenta ad absurdum, ad antiquitatem. ad hitlerum, ad hominem, ad ignorantiam, ad nauseam e ad populum. Por isso, os pesquisadores canadianos estão certíssimos.

    Quando os cristãos conservadores e os conservadores de [extrema] direita nos disserem que eles não são homofóbicos, racistas e xenofóbicos porque eles têm amigos estrangeiros, gays e negros, eles estão a mentir-nos. Eles não têm nenhum amigo estrangeiro, gay ou doutras raças. Veja o exemplo de Lara Malta e desses conservadores neste mural. Eles os tratam como “amigos”, ou seja, escravos que merecem ser exterminados sob a “solução final” e são vistos como abominações para eles.

    Graças aos deuses gregos, não tenho nenhum amigo cristão, conservador e de direita, e recusarei a fazer amizade com esses tipos de pessoas.

    Curtido por 1 pessoa

  10. Interessante. O mais intrigante, é entender nem que seja mais ou menos o que a pesquisa quis passar. Esse conforto encontrado no conservadorismo foi uma ótima forma de explicação, bom talvez eu me sinta um pouco “tenso” ja que tenho algumas peculiaridades conservadoras em relação a alguns assuntos, mas ir contra ao que a pesquisa e as explicações do site representaram é praticamente impossível.

    Curtir

  11. Eu não vejo sentido nenhum nessa pesquisa, eles falam como se as ideias conservadoras não tivessem bases cientifícas e filosóficas. Para esses idiotas que se acham gênios da esquerda, o conservadorismo só tem base religiosa, é sério isso? Então me explique porquê existem ateus conservadores á favor da moralidade como um ateu que conheço até hoje e como eu já fui também. Os intelectuais de verdade estão na direita política, na esquerda só existem pseudos-intelectuais e idiotas doutrinados. Quem tem dificuldade intelectual de entender as pessoas é a esquerda, dificilmente alguém de direita tem essa incompreensão.

    Curtir

    • Junior, seu preconceito explícito só corrobora o que diz a pesquisa. Percebeu?

      O que acha de ler o texto além do título é perceber que seu comentário não tem qualquer relação nem com esse texto nem com nenhuma das pesquisas citadas. Isso, claro, se o déficit cognitivo o permitirem.

      Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s